Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

QUERIA MASSAGEM MAS LEVOU VARA

Foi a mulher dele quem lhe disse que eu poderia lhe dar uma massagem antistress. Estava mesmo com o pescoço tenso e duro, precisando de pronto atendimento.

Não me perguntou se sou fisioterapeuta, foi mais é chegando e pedindo pelo amor de Deus um alívio.

Sempre coloco música suave, converso baixo com a pessoa, uso um grau de serenidade que nem tenho em tão alto grau, mas acontece.

Ele conversava sonolento comigo, fazia de conta que adormecia e acordava. Numa certa altura perguntou-me se nunca havia rolado uma transa durante a massagem. Dei uma de João sem braço respondendo: poderia ter rolado sim, mas eu sou aquele cara que, estando no trabalho, sá mesmo se a pessoa se declarar cem por cento, porque não posso vacilar. Não rolou mas poderia ter rolado, porque cantadinhas despistadas sempre ocorrem, mas ninguém rasgou o verbo até hoje. Perguntei-lhe: porque você fez a pergunta?

Ele disse que era curiosidade, pois ele práprio se sentia tipo entregue, nas minhas mãos, e acha que os profissionais sempre aproveitam esse poder sobre o paciente para seduzi-lo, para avançar o sinal.

Respondi-lhe: eu não sou fisioterapeuta. Faço massagem nos meus familiares e sá para alguns poucos amigos. Mas eu não saberia usar disso para uma transa gostosa se a pessoa não tivesse iniciativa, não estivesse motivada para tanto.

Aí ele foi ficando molenguinho, enquanto eu massageava um braço, pousou o outro em minha perna; depois, quando trabalhava pescoço e homoplatas, por trás, ele foi se encostando mais que o necessário. Não tive como me controlar. Quando lhe daria um trato na face, ele percebeu meu volume, levou a mão dizendo: que coisa mais gostosa você deve esconder por aqui, meu senhor! Cheguei mais práximo, ele cheirou por cima da calça, depois mordiscou, depois retirou minha pistola dura pra fora e mamou como bezerro faminto.

Eu gemia de prazer, enquanto ele mamava, deslizava a lingua da cabeça até o talo, abocanhava meus ovos e me fazia gemer ainda mais.

Eu o detei de costas, lambi os peitinhos dele, mordisquei, fui até as orelhas e lhe dei suspiros, beijos e mordidinhas gostosas. Depois o coloquei de bruços e deslizava as mãos sobre as costas dele das pernas até o pescoço, pincelando o botãozinho do meu gostoso rapaz, até que ele elevou a bunda e interrompeu o movimento fazendo com que a cabeça da pica se encaixasse no seu buraco rosado.

Dali até o talo foi sá questão de minutos. O cara metia gostoso demais, meu amigo. Gemia, chorava, fazia vai-vem. Depois me pediu que o penetrasse de frango assado que era para a gente fozar se beijando. Deu tudo certinho como ele queria e a gente transou uma tarde toda. Mamou mais e mais minha pistola no banho, depois me pediu para comê-lo em beira de cama, depois na cadeira, com ele sentado no meu colo agasalhando a malvada.

Nada me fizera mais delirar que quando ele pedia: vai, meu senhor, atola tudo, me bate na bunda pra eu gozar chorando, bate! E quando sentia porra quente esguichando lá no fundo, fazia estardalhaço, berrava, dizia palavrão e apanhava mais enquanto sentia prazer, chuva de porra e vara dura atochada.

Temos encontrado pouco por falta de oportunidade, porque ambos somos casados. Estou super saudoso de traçar aquele material. Ele é tesudinho.

Espero casados, com mais de 40 anos e mais enrustidos que liberados. Mas todos podem enviar mensagem, sem restrição. Estou batendo uma gloriosa enquanto releio este conto. [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Portão tem puta fodedeiraencoxador no tremputaria todos diss contoFodido na construçãoconto erótico. eu minha esposa morando perferiaContos mae da minha namorada perguntou me punhetochantageada e humilhada pela empregada negraconto incesto minhas irmãs gritaram no meu pauresguardando a namorada contoconto erotico mae negra coroa dando cuConto erotico virando gay cem quere e a força e chcontos eroticos tapou a bocao tio ceduzino adolecente metendo odedo priguitinhaconto erotico de faxineira casada safadaconto dpcontos sexo fiquei com bucetA molhada com meu genro na prAiaArregassando a bucetinha de uma virgem enquanto ela chupa o.pau do outrodevolvendo esperma no pau do bem dotadocontos porno o bandido arrombou o cu do meu maridoContos eroticos eu e minha familialambida no onibusconto eroticoconto eroticoconto erótico novinho escondidi escuroprimeira vez que comi meu amigocontos gays seu tiaocontos eroticos com a princesinha do bairroconto transando com ladraoContos eróticos metendo debaixo da cobertacontos eroticos novinha coroa ricosocar pasta de dente na vagina aperta.eu era novinho ele mas velho e comeu meu cu eu nao tive como evitarcontos eroticos viadocontos eroticos meu caseiro parte 2bundagaypassivadepois de eu ter me mastrupado depois de um tenpo comesei a goza isso e normalencoxadas socando com força reçenteestalos da cama-contos eróticosmostrei a buceta toda babada pro papai brincaresposa safada e bebada liberando na festa de confraternizacao contocontos eroticos casal e filhos bi passivosnega dançando agachadinho com a mão na periquita em cima da camacontos comendoa amiga resolve acordar a amiga com a mão na buceta delacontos comi o cu da mamãecontos eroticos medicocontos de penis que custou para entrar na buceta da loiramarido chupando a x*** delaMeu primo que chupa no meu paucontos eroticos comendo a funcionaria novata casada da lojasó um pouquinho contos contos vi pau enorme cheio de veiasconto erotico lésbicas roçando.a buceta na caracontos mulher e marido duas vadias para um.machocontos eróticos é hoje que vou te fuder todaContos eróticos meu patrão do pau gg arrombou minha linda noivaconto porno no colomulher com uma bu dando nda inmencaEstouraram meu cuzinho na viagem contosContos eróticos de gay comi o filho do amigo do meu paicontos eroticos lesbicos mulatas casadas biminha sogra foi estuprada e gostou contoscomi minha sogra e cunhada velha gorda feia contos eróticoscontos eróticos os esfíncteresContos eroticos dei na festa em macaxeirapeguei meu pai comendo meu amigo conto eroticocontos eroticos lesbica chineladasmanuela pedreiro contos eroticoscom doze aninhos estrei na vara contos eróticos gaya trois com minha cunhada Contos fudendo a coroa gravida casadaconto com coroas negras casadascontos dando cu desde novinhoContos de casadas gravidas fudendo com dois ao mesmo tempohomen dotado arronba cu rapaz de programacontoseroticos paguei para estruparem minha mulherconto chupando a coroacontos eroticos gay quando eu tinha oito anos esperei meu pai ficar bebado e dei o cu pra elecoloquei a madame pra gritar no meu pau contoscomendo aenteada de cbelos cachiadosmulher no carnaval gozando muito no camarote ela ea amiganeqguinha gritando ai vou gozarcontos eroticos espiando a senhorachiquinha arrombada contos pornconto eróticos peões