Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA ESPOSA PERVERTIDA.

Ela sempre foi safada, sempre mais atirada, liberal pois sempre foi extrovertida e no inicio do casamento eu tinha muito ciúmes dela. Eu percebia meus amigos querendo pegar nela, percebia piscadas, indiretas, e eu ficava fudido com isso.

Na cama ela era uma fera, eu nem precisei de cuidados, adorava dar o cu e sempre iniciava uma fantasias sobre sexo a três, a quatro. Isso me deixava louco e trepávamos muito gostoso e ela me falava das provocações que fazia com meus amigos e que gostava de deixar eles loucos e isso me deixava cada vez mais excitado.

Tínhamos um restaurante em Sorocaba sendo que eu cuidava do caixa e ela a Rose cuidava da cozinha. Nosso cozinheiro era o maior puxa-saco dela, adorava ela e eu comecei a perceber que ele estava a fim de alguma coisa mais que o trabalho. Bom, se eu tinha percebido algo, imagina a safada, vadia como era, se já não tinha percebido.

Uma noite, percebi a ausência dela, pois ela sempre acompanhava as refeições, via se estava tudo bem, mas aquele dia, ela não aparecia. Resolvi dar uma entrada na cozinha, que ficava depois do segundo salão e ela não estava lá e nem o cozinheiro. Fui para o escritário e percebi eles meio perto um do outro, mas achei que estavam disfarçando, dei uma bronca e voltei para o caixa e eles foram pra cozinha.

Quando voltamos pra casa, ela começou a me provocar percebendo que eu estava com ciúme e começou a pegar no meu pau no carro mesmo dizendo que o meu era maior e que eu era mais gostoso e dali fomos pra uma praça onde os namorados iam e trepamos no carro mesmo, de tanto tesão.

A vadia já tinha pegado no pau dele e foi aos poucos me contando sempre brincando e eu ficava na duvida mas com muito tesão, até que um domingo pela manhã ela saiu dizendo que ia dar uma volta. Mas como estava demorando resolvi procurar e não a encontrava em lugar nenhum. Resolvi ir para o restaurante que não abríamos aos domingos e dessa vez entrei pela lateral sem fazer barulho. Quando cheguei perto da cozinha, escutei uns gemidos e ao invés de ficar com raiva, fiquei com o maior tesão. Cheguei mais perto e via a vadia sendo comida pelo cara que era o maior jegue, tinha um pau enorme. O cara estava pegando ela de quatro e ela gemia feito uma cadela. Tirei o pau pra fora e comecei a punhetar. Adorei ver ela com aquela pica enorme na boca, mamava muito, mas o melhor mesmo estava por vir. Depois de cavalgar no pau dele, ele colocou ela de quatro e meteu-lhe no cuzinho, que ao se abrir fez ela gritar de dor, nessa hora gozei na minha mão de tanto tesão. Adorei ver ela gemendo e gritando de prazer e dor ao mesmo tempo. A vadia me pos um par de chifres, mas me deixou super excitado. Saí de mansinho e cheguei em casa e fiquei esperando por ela. Quando ela chegou, ia perguntar onde ela tinha ido e a vadia, antes disso disse, e aí meu corninho, gostou do que viu????

ROBIN [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto pegei minha cunhada novinha se mastrubandocontos eroticos com cavalo zoofiliareal conto cunhadocontos eroticos casada estuprada na estradavideo de presediario comeido buseita na cadeia no dfcontos eroticos peguei meu sobrinho de Pau duromulheres secando bêbadas cheias de tesaowww.cunhadaraspadinha.com.brconto erótico acordei com alguém me comendo fodendo bucetinha molhadacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos gay sentou no colomeu pai comeu meu cuzinho dedo do carrominha mae contos eroticosHomem mais velho iniciando duas meninas novinhas as chupar pica contos eroticoscontos eroticos. a1 vez da bichinhaa mulher do pinguelo grande em vídeo de pornô que a outra choppfoto de travestis arreganhadas de frentecontos erótico acabei indo pela primeira vez num sítio de naturistaContos eroticos minha mulher na festahistorias eroticas fudendo a madrata crenteregasado a xota vizinha istoriasproposta indecente de colega porno de trabalho a casadaIncesto com meu irmao casado eu confessocontos eroticos com meninas novinhascontos eróticos comi minha amiga skatistaconto erotico mamae viu eu comendo o papaiconto esposa exibicionista sensual pra molekcontos eroticos de incesto: ajudando a mamaepesquisar saístes da putaria lésbicas como fazer sexo com uma menina virgem e quebrar seu cabassocontoseroticos tia amamentando o sobrinhocontos eroticos insesto na praiavídeos pornô Santa Rita taxistaContos eróticos minha prima dica qué seu namorado não dava contaContos de loiras com negroscontei para minha amiga que trai meu namorado e o namorado dela com seu amigos me comwramcontos coroA estupradaconto casado dei pra travestiConto me chupa minha buceta me goza ai ai ai Contos porno fui sodomizada por castigogozadas na boca do menino contoscontos eroticos 30 cmcontos eroticos minha sogra de calcinha rendavidio.da meninas do corpiho gostozuconto.erotico.tia.sogra.cunhadarelato eróticos minha esposa fazendo striper pros meus amigoscontos eróticos mulher no trevo contos reais punheta gozadasconto eróticos entre amiguinhas do colégio conto incesto cunhadacontos eroticos meninascontos eroticos hospitalcontos eroticos comendo a enteadaRebola no pau do papai contoConto de Suruba no cinemaconto gozando na fraldaboquinhacontosconto erotico as pregas da empregadaficar excitada.em onibus lotadowww.loiras traindo com negao contoscontos de machos que experimentou um boquetemulher chupa o peito da outra ate ela gemercontos eróticos escrava sexuais incertocomo enrrabar minha sobrinha de 20 anos ela bare no meu pau mas ela é casadacontos eroticos sinistroscontos eroticos minha mulher virou amante dosraspada para surpresa do marido contospaguei para fuder minha tia contosconto gay fui feliz em salvadorloira resebi anal depois de treinamentocontos exoticos no.cinemacontos eroticos calcinhas usadas da mulher do amigocontos eroticos marido capacho