Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMO ME VICIEI EM DAR A BUNDA

Olá me chamo Bruno, sou de Recife. Sou novinho e quero contar pra vocês como foi que aconteceu minha primeira vez dando a bunda.rnrnTudo começou graças ao meu amigo, o Thiago. Nás assistiámos filmes pornô juntos, e vocês já conseguem imaginar o que acontece com dois homens cheios de tesão numa mesma sala não é? Era praticamente uma rotina nossa, quando minha casa ficava vazia eu chamava o Thiago pra assistir filmes pornô junto comigo (já que eu era o único dos dois que tinha um aparelho de dvd). Perdi as contas de quantas vezes gozei na frente dele pois com o tempo eu já não tinha mais vergonha, eu ficava praticamente nú na cama, enquanto ele ficava quase do meu lado apenas assistindo e passando a mão na rola por cima da bermuda. Confesso que com o tempo eu fui ficando curioso, enquanto me masturbava conseguia ver o contorno do pau do Thiago pela bermuda e achava incrivél o quão bem dotado ele era, era bastante grossa também, com o tempo eu comecei a gozar durante essas minhas imaginações, comecei a me pegar pensando muito no pau do Thiago e com o tempo eu já estava enfiando os primeiros dedinhos na minha bunda sá pra sentir como era, eu começava a sentir tesão pela rola do meu amigo, e nossas masturbações juntos sá aumentavam ainda mais isso.rnrnO Thiago nunca demonstrou alguma reação ao me ver me masturbando, ficava indiferente e sá queria saber de ver o filme. Eu começava a sentir tesão me mostrando pra ele, então durante alguns dias enquanto me masturbava tirava toda a parte de baixo e ficava de bundinha de fora pelo quarto e na cama do lado dele. Mesmo assim ele não esboçava muita reação e continuava indiferente a mim. Eu estava com cada vez mais tesão na pica dele então resolvi começar a apelar, era rara as conversas enquanto estavámos vendo esses filmes, até que eu resolvi mudar isso.rnrnDurante uma das nossas seções de masturbação, eu já sem roupa e acariciando meu pau resolvi conversar um pouco:rnrn - Thiago, tú acha ela grande?rn - Quem grande?rn - Minha rola, olha!rn - Eca Bruno, sei não!rn - Olha pô, sá olha e diz o que tú acha!rnrnEle olhou, eu balancei ela pro lado dele e ele logo tirou a vista.rnrn - Me mostra a tua?rn - A minha o que Bruno?rn - A tua rola, posso ver?rnrnMeu pau durissimo e cheio de tesão, eu sentado na cama do lado dele com o pau duro na mão esperava pra poder ver pela primeira vez o pau do meu amigo. Enquanto as cenas pornô continuavam a passar na tela, ele com uma cara estranha olhou pra mim e colocou o pau dele pra fora da bermuda, ficou com a mão masturbando de leve enquanto eu olhava pra ela, era bem mais bonita do que eu imaginava, grandona, cabeçuda e roliça, sá de olhar eu sentia vontade de sentir com as minhas mãos.rnrn - Ela é muito grande Thiago!rnrnEle riu e continou olhando pra a pica dele e se masturbando devagar. Eu continuava olhando pra o pau dele também e ficava com cada vez mais tesão, praticamente ali do meu lado. Ficamos em silêncio durante algum tempo nessas posições, ele começou a se masturbar mais rápido enquanto assistia o filme, vi ele gozar forte pela primeira vez na minha frente, a pica dele soltava longos jatos de porra e eu boquiaberto vendo uma rola que não era minha gozando na minha frente, era muita gala, o suficiente pra melar o chão e a cama. Logo depois ele levantou e pediu pra ir no banheiro limpar as mãos, deixei ele ir e logo depois gozei como nunca tinha gozado antes, estava com muuuito tesão pelo que eu tinha visto, a partir desse dia ele começou a se masturbar na minha frente todas as vezes que assistiámos filmes pornô. Aquilo ia alimentando minhas vontades, eu sá olhando pra o pau dele com muita vontade de pegar... Comecei a fantasiar chupadas e gozadas na minha boca, não demorou muito e eu assistia aos filmes junto com ele imaginando ele me comendo ali naquela posição. O problema era que eu tinha bastante vergonha, não podia simplesmente chegar e pedir pra chupar o pau dele, erámos amigos e não gays, eu queria mais não sabia como conseguiria.rnrnResolvi usar o que eu tenho que eu sei que dá tesão em rapazes: MINHA BUNDA.rnrnEla não é muito grande, eu sou meio magrinho e alto, então sá dá pra imaginar uma bundinha média, morena, e cheia de vontade de sentar numa pica.rnrnQuando nos masturbavámos juntos eu fazia de tudo pra fazer minha bunda ser o centro das atenções pra o Thiago, perdi as contas de quantas vezes eu caminhei de quatro do lado da cama procurando algo imaginário, dando visão completa do meu rabo aberto pra o lado do Thiago, como eu estava do lado dele de quatro no chão enquanto ele estava sentado com as pernas na cama se masturbando, eu costumava me levantar e passar por cima dele na cama, colocando uma perna por cima dele e novamente deixando minha bunda aberta, dessa vez bem de frente pra a pica dura dele, fiz isso durante uns 3 dias seguidos e não demorou muito até ele perceber a safadeza no ar, no 4ª dia depois de eu derrubar algo embaixo da cama e começar a procurar de quatro pra ele, ele disse:rnrn - Bruno que bunda deliciosa tú tem!rnrnNesse momento eu ri e continuei fingir procurar algo embaixo da cama, não demorou e eu senti uma das mãos do Thiago acariciando minha nadéga, nesse momento parei e fiquei calado, deixando ver até onde ele iria.rnrn - Tú gosta né Bruno?rnrnEu sá ria com vergonha enquanto ele me acariciava por trás, por dentro eu me enchia de tesão sentido a mão grande dele agarrando uma das minhas nadégas, apertando e me fazendo sentir a força que ele tinha, logo apás ele ter parado eu me levantei, passei por cima dele como sempre e ele apertou minha bunda com as duas mãos, me enchi de tesão nesse momento e quase sento ali mesmo no colo dele, ele me soltou e eu sentei do lado dele com o pau durissimo e nem tentei me masturbar se não gozaria ali mesmo.rnrn - Vou te comer hoje Bruno!rn - Hihi, vai é Thiago?rn - Tú não quer me dar o cú não é? Eu vejo as coisas que tú tais fazendo, eu sei que tú quer dar a bunda!rn - Hihi!rn - Tú sá faz rir!rn - Hihi!rn - Se tú quiser me dar o cú dá uma risadinha então!rn - Hihi!rnrnA última risadinha foi a gota d'água pra ele, eu estava cheio de tesão mas com vergonha e não queria muito falar as coisas que eu queria fazer, então ele pegou na minha mão e colocou no pau dele. Enquanto eu fazia um queijinho e fingia não querer, ele começou a se masturbar usando a minha mão, fazia o movimento e soltava minha mão no pau dele.rnrn - Vamo Bruno! Eu quero que você faça assim!rn - Eca, eu não!rnrnEu continuava fazendo queijinho mas depois de ele me "ensinar" duas vezes, eu já tava movimentando a rola dele devagarzinho, estava cheio de tesão naquele momento, quando senti a pica dele pela primeira vez na minha mão quase gozo ali mesmo, como eu já falei aqui que era grande, era maior ainda na minha mão, eu masturbava devagar enquanto me maravilhava vendo a cabecinha surgindo e desaparecendo enquanto eu movimentava minha mão direita pra cima e pra baixo no pau dele. Ficámos durante um tempo assim até que não demorou muito para o Thiago querer mudar.rnrn - Você vai chupar agora!rn - Hihi!rn - É safado, quero você dar essa risadinha com meu pau na sua boca!rnrnEle pegou minha cabeça dessa vez, fiz uma forcinha mas queria mesmo era ir, senti o pau dele chegando perto do meu rosto.rnrn - Abre a boca vai!rnrnContinuei fazendo queijinho e fechava os lábios fingindo que não queria, na verdade eu estava praticamente beijando o pau dele, fazendo biquinho com o lábio e sentindo a cabeça da pica dele, não demorou muito até eu "ceder" e engolir a pica dele, podia sentir o gosto salgadinho que ela tinha, mal consigo descrever esse momento pois estava cheio de tesão, era um dosmeus maiores desejos e estava ali, no momento. Ele ficou segurando minha cabeça e fazendo o movimento de vai e vem durante um tempo, eu sentia a cabeça da rola na minha boca e remexia a lingua, variando entre remexer minha lingua e chupar com força, logo ele já tinha me soltado e eu estava deitado do lado dele com a boca e uma das mãos na pica dele, a outra estava na coxa mas logo usei ela pra tirar ainda mais a bermuda dele, comecei chupando devagarzinho, bem de leve, tirava a rola da boca, passava a lingua em toda extensão dela e enchia ela de beijos, enquanto lambuzava minha cara ao mesmo tempo, eu poderia passar um ano chupando aquela rola, comecei a engolir tudo e me surpreendi com a facilidade que eu tinha, podia sentir o pau dele chegando na minha garganta e o umbigo pêludo dele no meu nariz, comecei a chupar dessa maneira, engolia tudo devagar enquanto remexia a lingua com a rola na boca, e voltava, enquanto com a mão masturbava ele devagar e sentia o leitinho salgadinho saindo aos poucos dentro da minha boca, ouvia o Thiago gemendo enquanto eu me deliciava. rnrnAntes que ele gozasse fiz meu único pedido daquele dia.rnrn - Quero na bunda agora!rnrnComo estava deitado me levantei e fiquei de quatro na cama, queria poder visto a reação dele atrás de mim, sá sei que ele foi bastante amigável, encheu a mão com saliva e começou a passar na minha bunda, logo eu senti ele enfiando um dedinho lá me fazendo gemer baixinho, depois de lubrificar um pouco mais pude sentir os dois dedos dentro de mim, eu sabia que ia doer porque já tinha usando uma rola de borracha no meu cuzinho, então me aguentei quando ele levantou e ficou pronto pra enfiar a rola dentro de mim, ele me segurou com as duas mãos e eu senti a cabeça do pau dele se ajeitando pra encaixar dentro do meu cú, senti um frio na barriga enquanto ele forçava minha portinha, mas como estava lubrificado com saliva a pica escorregou pra dentro com certa facilidade, pude sentir ele enfiando quase tudo la dentro de mim, logo ele começou a fazer o vai e vem, doia e ardia um pouco quando ele começou a me comer, mas eu sabia que era normal e o segredo era eu relaxar e não ficar tenso que logo ficaria muito gostoso, não tardou pra eu começar a gostar de sentir o pau dele me socando por trás, as mãos dele apertando minha bunda, as tapas que ele me dava, confesso nem perceber mas logo começei a gemer igual a uma puta:rnrn - Aiiin, gostoso, gostoso, vaaai, isso, vai, assim, delicia, bate safado vai, me bate, aiiiiiiiiiiiiiiin, vai, isso...rn - Gosta né safado? Pois tome no seu cú seu franguinho!rn - Então come, come o franguinho vai, come...rnrnEu já podia sentir a rola entrando e saindo completamente de mim, ele socava cada vez mais forte e rápido e batia com as coxas dele em mim, forcei pra tomar o controle dele (sempre tive a vontade de fazer isso) e logo quem estava fazendo o movimento era eu, rebolava gostoso no pau dele e ia pra frente e pra trás, deixando quase a rola inteira de fora e logo depois voltando e engolindo ela por completo, era uma delicia fazer isso e foi assim que logo eu senti que ele iria gozar. O pau dele inchou dentro de mim, ele me pegou novamente com força e começou a socar mais forte do que nunca, não demorou para eu sentir os jatos preenchendo meu cuzinho com porra, podia sentir tudo quente escorrendo dentro de mim, enquanto ele gemia e eu acompanhava seus gemidos gemendo igual a uma cachorra, logo ele tirou o pau de dentro de mim e deitou novamente na cama, me levantei recém-comido e com a bunda escorrendo de porra (me sentia de trabalho cumprido com a bunda cheia de porra) e disse que ia no banheiro me limpar, fui até o banheiro com porra já escorrendo pela minhas pernas e limpei tudo com uma toalha que encontrei por lá, mal toquei no pau e senti a melhor gozada que eu já tive, estava cansado de tanto dar. Quando voltei ele já tinha vestido a bermuda novamente e disse que ia embora, senti o clima estranho no ar... Ele foi embora, continuei assistindo ao filme e acabei pegando no sono.rnrnQuando acordei ainda senti minha bundinha diferente, tinha acabado de ser fodido igual a uma menina e já acordei sentido uma vontade enorme de fazer de novo, mas talvez isso seja pra outros contos...rnrnE foi assim que eu fiquei viciado em dar meu cuzinho.rnrnEspero que vocês tenham gozado.rnrnMeu MSN pra quem quiser tentar me ajudar no meu vicio: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto gay bebado fui fodidocontos eróticos gordinhas na ginecologistarasguei a camisinha sem ela perce er e gozei dentro/contoscontos eróticos comendo a cunhada gostosa em uma festa de fim de ano com família toda reunidaTava na sala com meu amigo ai minha mulher aparece só de calcinha e pede pra nos dois comer ela casa dos contos eroticosleke comendo a casada contoquero contos d prostitudasporno 1.30de bundaQuero um homem que chupe minhas tetas quando chega do trabalho e pra dormiele me enrabover filme porno com massagista se a susta com o tamanho da piroca do clientes e pede para tocar uma pueta e pede para ela bater um pueta ele goza na boca de delaMeu amigo me convenceu eu deixa ele chupa no meu paucontos comi uma cabritinhaconto erotico engoli 1 litro de esperma no vestiariocontos eroticos: sobrinha no colocontos/minha filha esfolou meu paucontos porno velhocomo eu faço pra apreparar minha buceta pra primeira relaçao sexualcontos forçada a virar cadelacontos palmadas empregadanetinha alizada pornodoidoconto menage com minha namoradaEmrabado por travestis na frente da mulher contoscontos eroticos de sobrinho comendo a bunda do tiotirei a saia da minhan e fudi com ela no banheiro pornodoidoContos eróticos titiosexo velho gozando dentro da menina de quise ano e gosanodentrocontos gay gordinho calcinhacontos porno obrigada engolir porra com muito nojoConto meu marido me devorou na madrugadacontos eroticos incestos meu homem ciumentoprofessor de artes marciais me fudeu contos gaycontos eroticos zoofilia aparelho coletacontos submissa para pagar dividasnossa minha mae bu comer xvcontos porno filho do amigo secretofoto travesti deitada na cama de pau duro e sua amiga casada mamando no seu cassetemenina novinhas putinha contos eróticos picantesandei com a cara gozada na ruatirando a caucinha eo cabacinho da menininha de chiquinhacontos eroticos de vovoconto erotico lambie buceta da minha afilhadaConto erotico incesto crentecontos erotico os mininos comerao meu cu guando ajente brincavacontos eroticos de vendedor velho gordo seduzindo a meninaconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos eróticos para ler a sogratirando o short da menina etrepandocontos eroticos cdzinha virei menina pra agradar meu donoContos eroticos casal lesbicas esperimentando roludoele era cheirosinho conto gaycontoseroticossandradei leitinho na boca de uma novinha de contagem contos eroticosmeu cao meu machocontos meu pai me seduziucavalo e pônei cheio de tesão tentando dar em cima da mulherConto de puta estuprada pelos mendigoscontos eroticos presidioContos eróticos de travesti comendo casadosfui assistir filme acabei chupandocontos eróticos gay meu primo cumeu meu cu no sofavidio porno enchada qualculadawww.rabudasnapraia comcontos bebendo gozo do militarconto gay tirei o atraso do meu primocontos eroticos morena gostosa malhadaEnsinando a maninha a foder contos eroticosContos de novinha safadaninfeta beijando peitoral de travestiquad erotico a apostacontos veridico de desejo realizadoler contos pornos eletrecista mi comeo no hotelCOMO SEBE SE A EX NAMORADA E DA VOMTADE DE DEUS[email protected]contos eróticos mendigo no ônibusxxvideos vídeos porno doido entre cunhada