Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CONSOLANDO O VIZINHO

Oie para todos, faz um tempo que não posto minhas aventuras, vou ser honesto, faz tempo que não tenho nenhuma aventura também. O que vou contar aconteceu recentemente, e aconteceu como uma surpresa para mim.rnrnMoro em um apartamento e as paredes, teto e chão são praticamente de isopor, rsrsrs, digo isso pois consigo escutar a agulha caindo na sala do vizinho, tipo sonic 2000 da "1406", rsrsrs. E recentemente andava escutando meu vizinho levando sova da esposa dele, que sempre xingava ele por estar voltando para casa muito tarde, acusava ele de estar traindo ela e não passar tempo com ela. A mulher é uma feia mal-amada, pelo que escuto o unico lugar que ela gosta de ir é na casa da mãe, e o cara vai todo fds na casa da mãe dela, imagina que horror isso, e nossa, eu já vi ela uma vez no elevador, é uma bruxa.rnrnEnfim, eu estava lá escutando ele levando a sova e ele ficou nervoso, brigou com ela, como de costume (essas brigas acontecem toda semana), e escutei ele falando que ia sair para tomar um ar, nisso eu fiquei com pena do cara, porque ele é gente boa, resolvi descer também, pensei em ir lá puxar um papo e ver se animava ele, e olha, eu fui na paz, na inocencia dessa vez, rsrsrs.rnrnChegando na área comum do prédio, encontrei ele sentado num banquinho com as mãos no seu rosto, murmurando sozinho, fui chegando perto e falei "E ai cara, tá bem ai?", ele olhou e falou "Desculpa ai pelo barulho, ela tá uma fera hoje" e começamos a papear, e ele me explicou que estava tendo auditoria na empresa dele e por isso tava chegando tarde e que não aguentava mais a mulher apontando o dedo na cara dele e acusando ele, sendo que tudo que ela fazia era gastar o dinheiro dele. Falei pra ele esperar um pouco, subi até em casa e peguei uma cervejinha e desci novamente, ele ficou animado e ficamos la bebendo. Deu umas 23:30 e a mulher dele desceu e deu "o escandalo" do ano, suficiente para acordar boa parte do condomínio, ele ficou roxo de vergonha, deu 02:00 e estavamos la na área comum falando com o sindico, explicando a situação e eu defendi ele todos os momentos, e o sindico sá deu um chá de orelha e falou boa noite.rnrnVoltamos ao banco e ele me falou "valeu a força cara, voce nessa noite me deu mais apoio do que minha esposa em 8 anos de casado" e eu falei que tava tudo bem e dei boa sorte para ele na volta a jaula da leoa. Deu risada e nos despedimos.rnrnPassou-se 2 dias e ele chegou novamente tarde, dessa vez, acho que sem brincar, até o cara no 1 andar ouviu a mulher gritar com ele, um barulhão de coisa quebrando, e depois a porta fechando com tudo, passou-se uns 25 minutos e nenhum barulho, pensei "puts, ele matou ela ou ela matou ele", liguei no sindico e ele falou que tinha visto a mulher cantar pneu saindo do estacionamento e que tinha ligado para o meu vizinho e ele disse estar tudo ok. Mesmo assim eu resolvi ir lá no apartamento dele bater e ver se estava tudo ok, ele atendeu a porta, so abriu um pouco e disse que estava tudo bem e tal, mas fiquei lá enchendo ele pra ver se estava tudo bem mesmo e ele deixou eu entrar, lá na sala dele já vi o prejuizo, uma tv de 40" no chão, uns pratos, mancha de comida na parede, ele se virou e vi ele sangrando na testa, perguntei se tava tudo bem e ele disse que sem querer ela jogou uns garfos nele, nisso eu nao vi nenhum garfo no chão, so algumas facas, nem pensei e falei pra chamar a policia que isso era violencia domestica e tal, ele deu risada e falou "ja pensou... vou virar a piada do bairro, so falta aparecer na tv, dai sim to ferrado".rnrnFui até a cozinha dele, molhei um pano e fui limpar a testa dele, achei que ele ia falar algo, mas deixou eu fazer o serviço, fui ate em casa pegar uns curativos e pomada, fiz um curativo nele e ajudei a dar uma limpada na casa, ele agradeceu em todo momento que ajudava e disse que não sabia nem como ia trabalhar no outro dia, falei pra ele ligar e falar que tinha adoecido e que pelo menos um dia ele merecia de descanso, ele aceitou a sugestão e falou que ia ligar lá pelas 06:00, ja eram umas 04:30, estavamos sentados no sofa, falei pra ele, espero que não pareça estranho, mas quero te oferecer uma massagem, porque voce parece que ta precisando cara, é nas costas sá, ele aceitou e falou que naquela hora tava mesmo precisando, fiz uma bela massagem e depois falei pra ele ir tomar banho e ir dormir.rnrnEle foi se deitar e eu fiquei por lá no sofa, acabei dormindo também, acordei assustado umas 08:30 e lembrei do ocorrido, fui ao quarto dele e dormia como uma pedra, peguei o celular dele e achei o telefone do trabalho dele e avisei que era um amigo medico dele e ele estava convalecido e não poderia ir trabalhar, la pelas 11:00 resolvi fazer um café da manhã pra ele, peguei umas frutas em casa, comprei pão fresco na padaria, fiz um café e botei numa bandeija e levei pra ele. Ele estava acordando, olhou o relogio e se assustou, rapidamente expliquei a ele que ja tinha dado um jeito e fui colocando a bandeija no colo dele, e já fui abrindo a cortina do quarto. Sem brincar, olhei para trás e vi ele chorando sentado com uma pera na mão e falei: "relaxa cara, ela vai voltar" e ele disse "mas nao to chorando por isso cara, é que voce cuida tão bem de mim, eu não sei porque ta fazendo isso, ninguem nunca fez nada assim pra mim, eu to quase levantando da cama pra te dar um beijo".rnrnFiquei chocado com aquelas palavras, nunca imaginei aquele cara falando aquilo, pensei por um segundo "coitado, olha o que a falta de carinho por parte de terceiros faz com um homem". Respondi que estava tudo bem, que era normal se sentir daquele jeito por estar atordoado com a situação. Fui a caminho da cama dele e me sentei ao seu lado. Ele olhava pra mim fixadamente, levantou a mão e fez um carinho em meu rosto, eu pensei "why not"?" e me aproximei dele fechando os olhos e ele me tascou um beijo carinhoso, ficamos ali num momento bem "relax", logo fui prontamente falando "chega disso!, animo!, tome seu café e depois banho!", ele deu um sorrisão e concordou com a cabeça.rnrnFui até a cozinha dar uma ordem e ouvi ele ligando o chuveiro, pensei em fazer uma coisa diferente, deu aquela doidera sabe... Tirei minha roupa toda, abri o box com ele la dentro e entrei. Ele olhou surpreso e falei "tambem to precisando de um banho, tudo bem?", ele concordou, ficou um pouco envergonhado, mas começou a se lavar, eu me ofereci para lavar as costas dele e ele aceitou, lavei direitinho, massageei suas costas, nuca, orelha, passei a mão no bumbum dele, ele foi virando, e vi o instrumento dele duro como rocha, ensaboei bem o penis dele e esfreguei bem, uma punheta bem ensaboada, nos enxaguamos e saimos do box, ele estava praticamente dopado de tesão, fui saindo empinando meu rabinho pra ele e foi chegando junto, colando em mim, me beijou o pescoço e fomos de volta para a cama, lá rolou muito beijo e caricias, vi que ele estava com muito tesão, o instrumento dele pulsava, via-se as veia saltando, nem falei nada e fui em direção e ele com minha boca e comecei um belo sexo oral para ele, massageando suas bolas e chupando gostoso, não se passou 19 minutos e ele deu uma gemida mais alta e logo senti uma inundação em minha boca, tomei o que consegui e o resto escorreu pelo meu queixo, fiquei ali brincando nisso mais uma hora e ele gemia alto, acabado isso, ele olhou pra mim e falava não ter acreditado no que rolou, mas dizia estar feliz como nunca. Nisso ficamos deitados, conversando, eu lá apoiado em suas coxas, as vezes beijava o instrumento dele e ele olhava para baixo sorrindo, eram aproximadamente 16:00, o celular dele vibrou, era a esposa, ele atendeu com calma e quase que suspirando, deu 19 minutos e ele desligou, ele olhou pra baixo meio triste e falou, ela esta voltando da casa da mãe, melhor nos vestirmos, eu concordei, na porta do apartamento dele, ele me deu um beijo doce, parecia inebriado comigo. Entrei no elevador e fui para casa.rnrnDepois disso nossa amizade melhorou, agora sempre tomamos uma cerveja juntos quando a mulher dele dá uns gritos, ele disse que queria fazer outras coisas comigo, coisas que nunca quis fazer com a mulher dele ou qualquer outra, e ainda me mandou ontem uma cesta de flores com chocolates e no cartão estava escrito "prepare-se pois vou te encher de carinho para sempre".rnrnÉ isso ai pessoal, vou dizer o seguinte, seja bom com as pessoas a redor e irá se surpreender.rnrnBeijos e até a proxima.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos gay pinto pequenomulher do irmão acaricia pica de outrocontos eroticos tia no casamentocontos ex com amigoscache:ZlVInsUtxOIJ:https://idlestates.ru/conto_16496_o-flagra-de-papai.html Contos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorporno conto erotico depois de malhar fui fodida na academiarelatos eroticos reais sobre ela ficou entalada eu aproveiteicontos safada na lavouraAcordei com o cuzinho cheio de porra contoscontos eroticos, alisei o piupiu do meu filhinhosexo com vizinha muito rabuda vigiadoEu fui trabalhar numa empresa eu comi minha patroa japonesa no motel conto eroticomeu subrinho enfiou o dedo no meu cu contoO reencontro entre prima e primo minha paixão conto eroticohistorias heroticas detalhistas de peitudas gostosasconto porno so danda molequeporn contos eroticos casada sendo enrrabada no barenrabada pelo chefe contospretinha choradomuito pornolPorno contos incesto familia prazer total qualquer idadeconto erotico sogra de calçinha fio dentalminha tia atendeu a porta sem calcinha contos eroticoscontos eroticos corno e amigo mesmProfessora de shortinho partindo a bucetaconto fudendo uma senhoraconto erótico gay taxista manauscontos de sexo anal bissexual com mulheres gordas comendo marcontos eroticos arrombada pelo empregadoirmãozinhos safadinhos fazebdo safadesaainda havia dor mamilo grande e pontudo vídeo pornôContos eróticos no banheiro da escolacontos tava de vestido i fui comidaconto erotico negra a cabou com a buceta na siririca regasou a bucetaconto erotico travesti desobediente castigada pelo donocontos eroticos casal e filhos bi passivosdei a bunda para o torcedor contosdando.para irmaos contoscontos de meninos putinhosZooxoxotamolestando a amiguinha no meu colo pornonovinha safadinha dormindo com dedinho no cuzinho Fredconto erótico de primo cdzinhacontos eroticos porno de pirralhas inocentessexo Sátão garotas da noite prazer contos aluguei minha mulhercontos eróticos morando com filhocontos eroticos de casadas traindo com sogrocontos de sexo meu pai viuvo anoite primeiro meu encouxandoContos eróticos minha gata fode com todosxvideo coroa adora comer as novinhas com o dedo chega agemerCadê acabou comendo cunhado cadê aquela vezNossos filhos nos flagraram... mas gostamos! contos eróticoscontos eroticos sou crente casada mas tenho fogo no cumulheres casadas morenas claras 45 a 55 anos traindo com negaocontos eroticos comi minha prima no rodeiocontos de penis que custou para entrar na buceta da loiracontos eroticos casais falando putaria fantasiando outromulher barte na bunda matrupado xvideover dvd porno homems chupa bucetas de baicho da mesa tira calcinha do ladoconto erotico bolinada na infanciacontos eroticos minha mulher gosta de apertar minhas bolascontos xoxota estufada da sobrinhaporno tia tica soprinho 18 anocontos eróticos do primo negrinho dotado chupando a buceta da primacontos to gravida do meu filhocontos de putaria gay o garoto e o vigiaporno baixar caralhogrossos Contoseroticos novinha magrinha virgem estupradas pelo tioContos rasga o cu filhinhachupei o grelo da minha amante contos eroticosgostosinhacontoeroticoconto erotico meu bezerro boqueteirocontoseroticos as 2 filhas daminha visinha vierao brincar com minha filhinha wuen brincou foi eucontos eroticos gozei quando as duas picas entraram no meu cuConto de mulhe minha esposa e o molequeminha mulher grávida chupou minha pica cm leite condensado contos eróticoshomens rústicos fodendo com garoto que dorme na sua casaconto erótico. eu minha esposa morando perferiaContos Eróticos vi minha amiga sendo emrabada pelo maridão bem dotado fiquei com muito tesãojogando nas duas pontas trailer porno travestismeu marido pirocudo me arombou contosvidro porno primo sente atração pelo outro primo homensContos eroticos gordinha gostosaContos.eroticos traindo marido na.sala ao ladofilha tesudinha do papa contosiconto recém casado cornocontos eróticos arregaceiwww contos eroticos doce recordacoesconto erotico a sogra safada e crentecasei com meu filho contis eroticossegurei a pica estranhocontos esposa quase nuacache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"Casa de conto a cadela priscilaMaicon tá doida ela me pediu pra comer sua esposa na frente delecontos eróticos passando o pau no cuzinhocontos eroticos realizei meu sonho comi minha cunhada novinhaconto erotico namorando o peao da fazendacontos eroticos o garoto perdido