Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI A COBRADORA DO ÔNIBUS

Estava fazendo uma viagem de carro à noite, quando o motorista de um ônibus me deu um sinal na estrada. O veiculo estava com problemas de motor e precisava de um mecânico para fazer os reparos e ele seguir viagem. rn O motorista pediu-me que fosse até um posto de gasolina práximo com a cobradora para que ela resolvesse o problema ligando para a empresa ou levando um mecânico até o local onde estava estacionado o ônibus.rn A princípio achei a idéia um quanto que bizarra, mas quando vi a cobradora, uma garota de aproximadamente 20 anos, morena, cabelos longos, seios durinhos e fartos, um quadril perfeito moldado pela calça azul marinho muito apertadinha, os lábios deliciosamente carnudos, ofereci imediatamente para levá-la ao tal posto de gasolina para ela procurar ajuda.rn No meio do caminho, uma noite bastante escura, ela em total silêncio, resolvi arriscar uma cantada de leve para ver a reação daquela cobradora deliciosa que estava sentada ao meu lado.rn Perguntei inicialmente o nome dela e depois dela responder que era Bruna, decidi ir ao ataque para ver até onde aquele papo de garanhão ia chegar.rn Conversa vai, conversa vem, vi uma estradazinha de terra batida e entrei com meu carro. Parei uns 500 metros da estrada principal e não perdi muito tempo, parti para o ataque fulminante beijando aqueles lábios calientes e carnudos e apertando seus seios incrivelmente durinhos e deliciosos. rn Esperando uma reação negativa por parte dela, não dei tregua e fui apalpando suas nádegas durinhas e correndo a mão na sua xaninha que estava apertadinha dentro daquela calça muito justa e colada no corpo. rn Para minha surpresa, ela também correspondeu as minhas caricias e deixou aquele corpo a inteira disposição, pronta para o abate.rn Passamos para o banco de trás e recomeçamos aos beijos e abraços. Desabotoei a camisa, enquanto ela fazia o mesmo tirando o sutiã e afroxando o cinto da calça e estava diante do maior monumento que já vi e nunca havia imaginado antes. Senti o pênis trincando de enrijecido. Ela caiu de boca no meu cacete que eu custava a segurar a ereção na boca dela. Queria aproveitar cada segundo daqueles lábios carnudos e sensuais chupando minha pistola. rn Depois dela tirar a calça e ficar totalmente nua, acendi a luz do carro e pude contemplar aquele corpo deliciosamente bronzeado a minha frente. Não perdi tempo, cai de língua na xaninha incrivelmente fechada e deixei ela toda molhada e lubrificada para facilitar a penetração que não demoraria acontecer.rn Ao enfiar a cabeça, ela gemeu gostoso chupando meus peitos e pedindo ofegante para enfiar devagar que ela era ainda uma "quase moça". Fiz como ela pediu até certo ponto, depois de entrar a cabeça, ela mesmo fez movimentos de vai e vem e na terceira ou quarta estocada já estava com os 19 centimetros todo atolado dentro dela.rn A primeira gozada foi rápida, eu estava a perigo fazia meses e não deu para segurar. A segunda foi com mais calma e deu para sentir todo aquele corpo bronzeado colado ao meu. Gozamos juntos e ela foi a loucura com a vagina modendo meu pau com tal força que achei que ia me engolir. rn Fizemos uma pausa antes de dar a saideira e beijei aqueles seios durinhos por mais de quinze minutos chupando os biquinhos empinadinhos e pendindo mais sexo.rn Ela ajoelhou no banco deixando a bunda toda por minha conta e pediu com uma voz embargada e deciliosamente sensual para penetar seu ânus. Perguntei para tirar as dúvidas o que ela queria de fato e ela na volúpia de sexo disse quase aos gritos: " come o meu cu".rn Não precisou pedir a segunda vez, dei uma cospida na ponta do pau e ao encostar naquele orificio nunca dante navegado, ela gritou de dor e prazer. Não deu para segurar muito. Fui dando estocadas devagar até a penetração total e ela aos gritos dizia para fuder aquele cuzinho virgem. rn Gozei deliciosamente todo o esperma que ainda restava para sair dentro daquela bundinha durinha e sedenta. No final ainda deixei os 19 centimetros atolados no rabinho dela, sentindo aquele calor gostoso que nunca havia sentido antes.rn Cinquenta minutos depois, voltamos a estrada para procurar o tal posto de gasolina. Com a respiração ainda ofegante, ela me deu um papel com o número de seu celular e disse com a voz mansa e sensual: "quando você quiser me ver de novo é sá ligar".rn Guardei o papel no bolso com uma promessa na alma, chegando em casa, depois de tomar um bom banho, eu juro que te ligo. Nunca comi uma garota tão gostosa como aquela cobradora de ônibus.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de prima puta safada e com um rabo de puta que foi fazer uma visitinha pra tiaNovinas putinhqs boqueteras contos eróticocontos erotico mayara piercingvídeo de bocado de mulher dançando de fio dentalpelado com uma travesti contos eróticosContos para deixar sua buceta encharcada meu namorado Guilhermecontos eróticos corno leva muhger BA mo suco grupalcontos eroticos ijui rspriminhos gay loirinhos fazendo safadesacache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html armei pra minha mae conto eroticocontos eróticos é hoje que vou te fuder todaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcomo eu ia na fazenda novinhameninas piranhas de calcinha fio dentalapremira vez da fenandinhaContos eroticos sadomasoquismo minha mãe me obrigou a virar escrava do meu tio2paus nu mesmu buracucontos agora ela so quer se for com duas picasloiro do olho verde me fazendo um boquete gostoso perto da piscinacontos erot sogra e cervejazoofilia mulher carente arruma um componheiro pra lir da prazersexo gemidossscontoseróticos sexo comestranhocontos gay o deflorador de bundinhashomens apanhados a pila na maoconto erotico patrao pauzudo do marido comeu eu e minha filhacontos eróticos quando eu tinha catorze um coroa bem dotado decanil porn contostapou a minha boca - conto eroticodei a buceta pro meu sobrinho contos eroticospapai tirou meu cabaçi videos mobileContos eroticos minha esposa rabuda depilou a buceta e meu amigo chupouDei o cuzinho quando já era coroa contos eróticosContos eroticos de novinha cega fudendonovinha trepranndo com namoradoMeu irmão chupa minha maeEnrrabou minha namorada contos eroticostransando com meu brothercontos de cus arrebentadoscontos eróticos cunhadacontos eróticos de travestistaradocontos de coroa com novinhocontos orgia com pobrescontos eróticos de bebados e drogados gayscontos de zoofilia coloquei meu cachorro pra comer meu marido e ele gostoucontos de coroa com novinhoboa f*** travesti orgiacontos eroticos estupro da cegacontos eroticos gay fui buscar uma pipa em uma construçao e os karas me comeramparticipei surubamenino de treze anos gostoso bundinha e cuzinho jeitoso contos eroticoscontos eróticos minha sobrinha de babydollcontos eroticos viadocontos sexo minhas meninas do sitiocontos-contraindo o cuzinho no teu paucontos negao na praia de nudismocontoseroticosmetromimi apaixonei pelo novinho de pau grande contos gayFesta da buceta em lagoa da prataContos eroticos de irman eirmaocontos fui brincar amoite de esconde esconde e dei o cu pra todos mulequesas..negar..mais..gotosa..com..abuseta..pigano..na..ciriricaconto porno pentelhos a mostraconto mamae fode com filho aniversariantecontos eroticos minha sogra franciscaminha irma uma pretinh que adora trepa comigo pornoCunhada olhando o volume do cunhadoContos eroticos chupei o grilo da netinhaaconto erotico pagando o aluguelcontos incesto comendo minha mae no sitioCasada Amigo do meu filho sexo contosContos eróticos de rabudas casadasrelatos erotico sogro na praiana viajem de trabalho a mulher transa com o chefe e gostou contocuzinhopiscanocdzinha feminizadaconto erotico cachorro lambe pauContos eroticos sobre irma fazendo faxinagravida de gemeos fodendo a bucetaconto erotico com crentecontos minha filha chorou no meu pauprofessora recatada pagando boquete pro colega de servico contosincesto furapornocontos eroticos enrabada pelo professor de academiaamiga da minha filha tezudinhaminha tia se masturbano emganto eu durmoContos gays amante do tio velho desde de pequeno adoro vpu casar com elezoofilia mulheres beijando e transando com cachorros contos eróticosComi minhas primas novinha e safadinha conto