Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PADASTRO DOMINADOR II

rnLogo apás despejar toda sua porra em minha boca, mandar engolir e sugar seu cacete para beber todo o resquício de porra que havia, Marcão se levantou e ?antes de sair de meu quarto disse: - Lembre-se, amanhã assim que sua mãe sair vá ao meu quparto tomar seu gogá e melhorar seu aprendizado.rnFiquei em meu quarto relembrando cada detalhe do que se passou, e percebi que apesar do nojo inicial que tivera quando Marcão comunicou que ia me dar seu leite para beber, quando de fato seu leite foi derramado em minha boca bebi sem nenhuma repulsa como se tivesse bebendo algo de sabor diferente mais agradável ao meu paladar, e apás sua saída continuava excitado por sentir em minha boca o sabor de seu gogá cremoso, como ele chamava sua porra.rnA tarde fui ao colégio, e a noite no jantar, sem que minha mãe visse, Marcão passou requeijão num biscoito e lambeu bem devagar de olho fixo em mim, com se quisesse me dizer algo.rnTive um sono bastante inquieto, pela ansiedade do que estava prestes a fazer no dia seguinte, pois já estava certo que iria, com certeza, ao quarto de Marcão.rnAcordei e minha mãe estava na cozinha fazendo o café. Minha mãe me perguntou o que fazia àquela hora acordado, pois ainda era muito cedo. Olhei no relágio e ainda eram 6h30min. Menti para ela dizendo que dormi cedo e, consequentemente, acordei também, cedo.rnParecia que as horas não passavam, até que finalmente às 7h30min, minha mãe me beijou e se despediu.rnO dilema se formou. E agora? Vou ou não vou?. Meu coração disparou. Mas tinha que satisfazer minha curiosidade e acabar com a ansiedade.rnDei duas batidas na porta e entrei. Encontrei Marcão saindo do banho, totalmente pelado. Ele se enxugou e deitou no meio da cama com as pernas abertas e disse: - vem cá. Sentei na beira da cama e ele perguntou se eu ainda queria continuar ou queria desistir. Imediatamente respondi que queria continuar. Então tira a roupa e vem mamar na minha pica que vou te ensinar como você deve fazer no grelo de sua futura namoradinha, para fazer ela gozar na sua boca.rnTirei a roupa e me pus entre suas pernas. Marcão me mandou mamar devagar, sem pressa como se tivesse tomando um sorvete muito saboroso que eu não quisesse que acabasse, pois sá iria trabalhar a tarde. Me mandava lamber da base até a cabeça de sua pica e tentar aos poucos engolir toda sua vara, dando umas sugadinhas leves na cabeça como se tivesse chupando um grelinho. Mas indiferente a seus ensinamentos passei a mamar com esmero e aos poucos minha garganta foi se alargando permitindo que eu conseguisse engolir toda a sua pica, e ao tirar do fundo de minha garganta ficava um fio de cuspe e pregozo do Marcão, que imediatamente eu sugava, voltando a enfiar seu pau em minha garganta arrancando suspiros dele. Apás alguns longos minutos Marcão se levantou, me sentou encostado na cabeceira da cama, meteu o pau em minha boca e começou a foder. Apás alguns segundos senti seu pau pulsando e alargando minha amigdalas, enquanto ele parado com o pau atolado em minha garganta despejava seu gogo. Ao tirar seu pau de minha boca, esbaforido, reclamei do fato de não ter sentido o gosto de seu gogá e ele sá disse: ainda é cedo.rnFui bater uma punheta e ele me disse para esperar senão podia tirar meu tesão, me convidando para tomar o café que minha mãe havia preparado e como estávamos fomos à cozinha.rnNo meio do café Marcão me disse: - lembra de ontem?, - Respondi que sim, porque?rn- Bom, você reclamou que não sentiu o gosto de meu gagau, então chegou a hora de sentir. Levantou-se e pondo-se ao meu lado, me ofereceu a pica para mamar. Enquanto em mamava Marcão, calmamente, pegou um prato colocou alguns biscoitos arrumados de forma que cobrisse todo prato e quando sentiu que estava perto do gozo, puxou a pica de minha boca e se punhetando derramou sua porra nos biscoitos do prato me oferendo para comer. Peguei o biscoito mais recheado e olhando em seus olhos lambi sua porra, degustando com se fosse um requeijão, depois comi todos os outros biscoitos, lambendo os lábios garantindo-o que ele me tinha presenteado com o mais maravilhoso dos néctares.rnDepois do café, Marcão me chamou para conversar em seu quarto, e me disse que as coisas fugiram daquilo que realmente me deveria ser ensinado, mas no tesão constante em que ele vive acabou me tornando um boqueteiro de primeira e que o correto seria a gente acabar com isso.rnBaixei a cabeça e sem nem pensar peguei sua pica e disse: - Agora é tarde!, pois me viciei em seu gogá e quero ele sempre. Você não vai me privar desse fortificante né. ele riu e disse esteja servido meu bebê.rn rn rnrn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto incesto chicotadas no rabao da filhaeu com minha pica machucada e ainda comi minha namorada contos eróticoscontos eróticos passando o pau no cuzinhoContos casado com travesti mas ele fudia com todos d familiadepois de dar pro ricardao dei pro meu marido contopornodoido negro bem dotado fudendo ocuzinho e a buceta de mulhet gtavida ecasadacontos eroticos marido come o cu da deficienteContos eróticos estreiando á xaninhagostosas de caixote apertadinhaela so faz anal cagando contoscontos janaina safadinhacontos exitantes de aline bebada com variosconto erotico marido pega no flagraContos eroticos guspe na bocawww.contos eroticos de tias soteironas com sobrinhos.comcontos u caras muito bemdotado arobou a buceta da mia mulhe na mia frete contoscontos bebendo gozo do militarporno doido costureiro medindo os seiosMeu genro quer me comer e agoraContos erticos trouserao meu marido bebado pra casaconto erotico encesto.meu pequeno entiado mim comendo enquanto eu dormiaconto gay sobrinho viro esposaporno bundas muitissimo leve ou seja moleemplorando pra ganha leite eroticos contosContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorbudendo.cadela.no.ciu.vira.lataloira louca por pau gg contosxoxota doce contosConto gay comendo a porquinha zoofiliaporno travesti comendo mulheriu dandocontos de coroa com novinhoSou casada fui pra um acampamento com os colegas a amigas putascamila da o cu ao pedreiro contosrelatos eroticos reais sobre ela ficou entalada eu aproveiteicontos eróticos dopei namorado eu e amigaconto menina safadinha anosmeu pai e o amigo dele comeram minha namorada contos eróticosContos eroticos menininhascontos eroticos de comi a bunda da mae da minha amigaamelhor buseta de bashia do mundo gosanoIncesto com meu irmao casado eu confessocontos erotico com minha sobrinha mais novaContos eróticos gay homem enfiou cu pivetinhoxvedeo foi brincar com a prima efreguei pau nelacontos eróticos sarro no ombrogozando pelo cu contos eróticoscontos eroticoslingua no cucontos teem dei o cuconto cu suado da bonecacontos eroticos de madame cm entregadocontos eroticos baba violentadascontos eroticos ela não queriacontos eròticos gay virou minha negavideos para deixar o namoradoexitadocontos eroticos meu padrinho na cachoeiraempregada me masturbando nu contosPapei o meu sobrinho Jorginho contos eróticos gayscontos eroticos eu e minha esposa cinepornosonhador contos eróticos i****** mãe e pai f****** a b***** da filhaesgassou a buceta virgemtirou as pregas dela contoscontos eróticos mamãe deu o cu eu viconto erotico mihna esposa arrumo um traveo prs eu fude ediz e comr q vc gostaconto.erotico.chamando.mulher.crenti.pra.fudercontoseroticosbernardoconto erotico a filha curiosaconto fudendo a cunhada de 70 anoscontos eroticos sasuke e sakura minha doce virgemmulheres casadas morenas claras 45 a 55 anos traindo com negaoContos punheta no garoto constrangidoCorno em calcinha contoContos eroticos corno submissocontos erotico de estuproContos eroticosComi minha irma na cozinhasexo gostoso foda maravilhosa grita quando o pau entra ui delicia mete essa vara na minha buceta no meu cu chupa a minha buceta vai porra ai que gostoso essa pirocaconto comendo a coroa gostosaContos eroticos cu da negra madantacontos eroticos "recatada"garota adolecente safadinha mostrando ospelinhos da bucetaIncesto de contos eroticos sou agora mulher do meu ex primo viuvocontos eróticos eu inocente meu vizinho me pegou no flagra transandoPorno contos incesto familia prazer total qualquer idadeContos eroticos selvagem esposaPapai e titio comeram minha bundinha contos eróticosmeu sogro me comeu contos eroticosComi minha esposa dormindo contoprima comeuela gravidadei meu cuzinho pro meu primo bricando d lutinha contosgayminha prima chupou meu pau virgem contoscontos gay negrinho