Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA AMANTE TRAVESTI

Quem já leu meus outros dois contos (Putinha de Travestis e Dei pra Natália) sabe que eu amo travestis. Tenho uma tara louca por essas maravilhas. Mas apenas as bem femininas, com aparência de verdadeiras mulheres, preferencialmente delicadas. Agora eu arrumei uma linda e delicada boneca, somos até namorados, mas quando estamos juntos ela é sempre ativa, e eu adoro ser passivo dela. Eu a conheci num sábado. Estava havendo um show do Zezé di Camargo e Luciano e eu passei por perto pra ver o movimento. O show era perto de um ponto de travestis e resolvi passar por lá pra vê-las e quem sabe poderia acontecer algo. Havia dado duas voltas sem encontrar nenhuma que me chamasse a atenção. Quando estava para ir embora avistei andando no meio da rua escura uma linda boneca, de corpo escultural refletido pelas luzes mais adiante, mas não dava ainda pra identific ar como realmente era. Cheguei bem perto e como era maravilhosa! Ruiva, com cabelos b em tratados, longos até o meio das costas, alta com 1,80m, feminina ao extremo, sua voz cheia de tesão me deixou em dúvida se era uma boneca. Usava uma saia branca até os joelhos com uma fenda que deixava suas lindas pernas à mostra, e que tb dava pra perceber sua calcinha, um top rosa que mostrava sua barriguinha durinha, com uma cintura finíssima. E o seu perfume. Lembro como se estivesse ainda lá. Um odor incrível, muito cheirosa. Resumindo: perfeita. Como era muito tarde ofereci-lhe carona sem nenhuma pretensão. Surpresa: ela aceitou!! Entrou no carro e disse: “Me leve pra casa, por favor”. Conversamos e eu a tratei como uma dama. Ao chegarmos em sua casa ela disse: “Meu nome é Angel. Porque vc não desliga seu carro... vamos entrar um pouquinho!”. Deu um tesão imenso, até pq eu ainda não sabia se era uma mulher ou não. Perguntei então. Ela deu a resposta: “Entre aqui em casa. Quem sabe vc descob re”. Entramos. “Fique à vontade, sá vou tomar uma ducha e já te faço companhia”. Quand o saiu estava ainda mais incrível com cabelos molhados, usando sá uma calcinha branca de renda e um camisete amarelo colado ao seu corpo feminino. Sentou-se no sofá ao meu lado e conversamos um pouco. Rolou e nos beijamos. Ela toda delicada. No beijo tive certeza de tratar-se de uma mulher. Ela pegou no meu pau por cima da calça e disse olhando nos meus olhos: “Estou encantada... vc tá me tratando como uma dama. Nunca fui tratada desse jeito sabia?”. Beijamos de novo e começamos a arder, excitadíssimos. Tirei minha roupa e ela iniciou uma chupada... maravilhosa, afinal era uma profissional. Não cheguei a gozar, mas estava estourando. Comecei a beijá-la de novo tirando seu camisete. Que peitos!!! Medianos com os biquinhos rosadinhos. Beijei seu pescoço e fui descendo beijando seus peitos e sua barriguinha. Ela sá suspirava e se arrepiava. Tirei sua calcinha. Minha felicidade ficou aparente diante da surpresa. Um pau durinho de 19 cm. Olhei pra ela e ela sorriu. “Vc gosta né? Por favor, diga que não está decepcionado!!”. Nem respondi e a chupei. Assim como os seus peitos o pau era cheiroso, e rosadinho. Beijei a cabecinha, e descia chupando e lambendo seu pau. Enquanto chupava eu fazia questão de olhar pra cima diretamente em seus olhos. Quando começava a pulsar mais forte eu parava e depois começava de novo. Ela gemia e delirava. Falou que não aguentava mais e q queria gozar. Atendi ao seu pedido: quando o seu pau começou a pulsar eu continuei até o fim e ela me inundou. Nás dois estávamos em êxtase. Eu deitei no sofá e ela mais uma vez foi se lavar. Mas eu ainda queria mais, afinal eu queria experimentar aquele lindo membro dentro de mim. Parece que ela adivinhou o q eu estava pensando. Desta vez ela já saiu nua do banho e estava de novo de pau duro. Ela manuseou o seu membro e perguntou: “Vc quer??” e colocou uma almofada tampando a sua pica. “Eu quero sim”. Perguntou mais uma vez: “Pra que??” e sentou-se na cama e d eixou à mostra apenas uma parte daquela linda cabecinha. Então eu disse: “Quero ele dentro de mim. Quero que vc me invada!”. Aí ela disse num tom delicioso q me deixou maluco: “Se é assim, vc vai ter q pedir com jeitinho”. Não tive dúvidas. Levantei e fui em sua direção... dei-lhe um beijo ardente e delicado. Subi na cama e fiquei de quatro com minha bundinha virada pra ela. Olhei pra trás por sobre meus ombros e pedi delicadamente com uma leve sorriso nos lábios: “Meu amor... me come... por favor!!”. A Angel parece q ficou doida com o meu pedido e jogou a almofada fora. Finalmente eu seria enrabado naquela noite. Ela começou beijando minha bunda inteirinha, e depois me abriu pra chupar meu cuzinho. Chupava, sugava e lambia em volta do meu anelzinho com sua língua molhada e cheia de tesão. Que preliminares!!! Ela levantou-se e disse: “Fique nessa posição q já estou voltando”. Foi ao seu armário e trouxe as duas mãos cheias de camisinhas. Aí falei: “Vc vai usar todas comigo??”. “Se vc aguentar…”. Colocou uma e foi atrás de mim começando a roçar na entradinha. “O q vc quer??”. Respondi querendo q ela me comesse logo: “Eu quero rola!”. Angel forçou um pouquinho e começou a entrar. Dei um gritinho pois doeu. Ela parou por um instante até q passasse a dor e foi metendo de novo. Q delícia!! Quando ela meteu tudinho ela parou e falou: “Vc não tem idéia do prazer q vc tá me dando!!” Suas palavras me deixavam maravilhado, sabendo que estava proporcionando intenso prazer a uma linda e apaixonante bonequinha. Agora agarrou minha cintura e me puxava contra seu corpo começando o vai-e-vem. O ritmo foi ficando cada vez mais alucinante, cada vez mais intenso, ela gemia e suspirava num tom q foi me enlouquecendo mais e mais. Cansei e ficar de 4 e pedi q ela se deitasse pra q eu pudesse cavalgar nela. E foi exatamente o q fiz... cada cm q entrava em meu cuzinho a Angel delirava deliciosament e... então fui descendo devagarzinho ouvindo suas palavras e seus suspiros até que minha bundinha encostou em seu corpo e percebi q já havia entrado tudo. “Vc é muito gostoso... acho q nunca comi ninguém como vc!!”. Comecei então a cavalgá-la... mais e mais e mais e mais. Mas ela não gozava. “Desse jeito vc vai me arregaçar... goza logo meu amor!!”. Então mudamos de posição e fiquei de frango assado com a bundinha toda arreganhada. Ela então falou: “Eu adoro essa posição... vou gozar rapidinho em vc minha lindinha!!”. E foi a coisa mais bonita q me aconteceu... a Angel deu algumas estocadas mais fortes e nás dois gozamos juntinhos, quase q no mesmo instante... eu gozei sem ao menos tocar em minha pica, gozei bastante, o melhor orgasmo de minha vida e q ainda nada se igualou. Ela desfaleceu e caiu sobre mim dando-me um beijo romântico e apaixonado. Dormimos abraçadinhos por 3 horas. Ela me acordou com mais outro beijo... já estava claro e ainda transamos mais outras cinco vezes. Estam os muito bem... como ela não trabalha no domingo sempre vou até sua casa. Ela agora sabe q eu adoro usar calcinhas e vestidinhos, e compra muitas lingeries sensuais e me deu até mesmo uma peruca loirinha. Eu vou até ela apenas pra ser sua fêmea, andando o dia inteiro com as calcinhas q ela me dá e com minhas roupinhas.



[email protected]



















VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


gostosas de caixote apertadinhaenfiando a.pica..comdificuldadecontos eroticos amigo gay inicioucontos esposa do clientetrepando pau sua p*** prepara para o sábadocontos eroticos mostrei o pau pras mulheres no parquePegando a prima logo cedo contocomtos bdsmcontos amante travestirelatos eroticos nunca pensei que eu depois de casadoNovinha virgem da buceta lisicontos sexo fiquei com bucetA molhada com meu genro na prAiaviajando e sendo fodida contos eróticoscontos.erot meu genro bem mas velho.que a minha filhabundinha com calcinha sensual da virgemlevemente ara tomando banho nuaDesvirginando a subrinha de 18 anosContos porno com o papaiconto comeram minha mulher bebadaconto de moçinhas inocentescontos de tias punhetando sobrinhosver rapasea novos grizalhos pelados de pau duroContos erotico menininha de nove aninhos violentadadevolvendo esperma no pau do bem dotadoO pau que eu sempre quis contos eróticosconto erotico do garoto ricardo fodendo titiobrejando minha comadre muito gostosavi meu padrasto pegando a minha mãe e eu gostei muito sou gaysapata velha greluda e ninfetacontos eróticos tomei chute no sacovídeos porno negras barriguda caidaContos marido mandando os caras arrebentarem a esposacontos eróticos mostra pra mamãe está rolacontos eróticos reais de mulheres evangélicasconto erotico velho taradinho e eu d geans socadafiquei de 4 e ele montou socando xingandoContos eroticos sadomasoquismo minha mãe me obrigou a virar escrava do meu tiocontos de esposas e tiosContos eroticos primeira vez no puteirocontos eroticos papai gozando na minha bocacontos bem quente de casada e sua intida lesbicacontos eróticos de mães e filho de pau grandecontos eroticos ele me arregaçouporno filadaputa faz devagar o teu pau é muito grande xvideo ai sim anaconda toda dentrocontos exitantes de aline bebada com variosvoyeur de esposa conto eroticoconto porno esposa na praia com amigacontos pornos passando gel aquece na bucetacontos eroticos enrabada a forca pelo padre dentro da igrejamulher tarada Senta no pau do boneco no Fláviocontos erotico gay negro dando pra brancoa gostosa d aobrinha pertubando o tio kovem no quarto cheio d teaaocontos eroticos dando cu pro filhocontos fui decolar e ela me comeumuralhas dando a abuceta viagemcontos comi a mha filha novinha virgemconto erotico minha vizinha fode com o marido e pra me procarcontos gays com gémeos"anelzinho aberto" gay contoconssegui um cabacinho pro meu cunha do tira contocontos eróticos perdi minha virgindade com um pau grande e grossosafadinha dava ocupado na escola contos eróticosconto erotico de entidas e gravidairmao com ciumes contos eroticoscontos porno sogrocasa dos contos eroticos novinhas delicias seduzindo o tiomaisexo peituda goza no oralcontos vazando porracontos comi o cu do meu cunhado e do meu sogro e da minha sogra e minha namorada viuSeios enrrigecidos da minha esposacontos eróticos ela me odiavaMeninas novinhas de onze e doze perdendo a virgindadecontoscontos picante de casada sem calcinhavideo conto traiu marido punhetacontos eróticos chupa querido aiiiierotico menininhacontos eróticos incesto férias com mamãeo que é momeceiconto cutuquei pai na bundia deladesenho porno dos flinstons cadamento.da pedreitacontos eróticos de bebados e drogados gayscomi o irmao da minha mulher