Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA BABA É DEMAIS...

Olá pessoal, eu sou Marcus, tenho 20anos, 1,75 de altura, olhos e cabelos castanhos, peso 59kg, e corpo atlético magro e moro em Salvador.

Bom, há 2 anos e meio atrás, minha irmã teve que fazer uma viagem de intercambio, então ela mandou sua filha junto com sua baba para ficar aqui em casa durante esse período, quatro meses, e que belos quatro meses, pois bem, na minha casa tem três quartos, o de minha mãe, o meu e o de minha outra irmã, o de minha irmã era onde ela ia ficar, estava com problemas de infiltração e a baba não podia ficar no quarto, por que tinha problemas de sinusite, então ficou minha mãe no quarto dela mesmo, minha irmã ficou no seu quarto pois já estava acostumada com a frieza junto com minha sobrinha, e a baba ficou comigo no meu quarto, lá eu tinha um beliche, fiquei dormindo numa cama e ela em outra, isso durou três dias na mais pura inocência, até que eu não estava mas aguentando, saber que tinha uma mulher linda no meu quarto e não está fazendo nada com ela, foi dai que comecei a conversar mais com ela, e tentar chegar num assunto bem mas interessante, até que tivemos que interromper nossa bela conversa, por que ela tinha que arrumar minha sobrinha para o colégio, isso eu fiquei em casa no meu computador, esperando ela voltar, quando ela chegou foi tomar uma ducha e almoçar, aí voltei pra sala e começamos a conversar, nisso coloquei uma mela música e aí, a conversa foi ficando mas agradável, e aí pronto, rolou o primeiro beijo, mas ficamos na quilo, eu estava um pouco com receio de fazer alguma coisa a mais. bom, inicialmente ficamos sá nisso, quando foi a noite na hora de dormi, fui pra cama um pouco mais cedo, até que ela entrou e fechou a porta, e pulou pra sua cama, nisso fiquei pensando num jeito de falar alguma coisa com ela, até que ela mesmo falou, dizendo coisas que não tinha nada a ver, dai perguntei a ela se eu não poderia passar para a cama dela, pois a minha estava muito vazia, ela disse, sá seu fizesse uma massagem nela, aí fui correndo pra cama dela, e comecei a lhe fazer uma boa massagem, ( minha especialidade, modestia a parte), aí depois de uns cinco minutos ela virou e ficou me olhando então eu parte pra cima, lhe beijando suavemente, até que eu fui tirando sua blusa, chegando nos seus seios com as minhas mãos, fiquei acariciando em quanto a beijava, e depois fui descendo a boca até os seus seios, depois fui descendo mas um pouco e tentei tirar seu short, na primeira tentativa ela resistiu, e eu parei imediatamente, continue o que estava fazendo, depois de um tempo tentei mas uma vez quando tentou resistir de novo, mas eu continuei dessa vez forçando um pouco, quando ela tirou sua mão, permitindo que proseguisse, dai fui descendo a boca, chegando no seu umbigo, tirei seu short, e sua calcinha de rendo preta, e fui com tudo, de boca na merenda, nossa, que coisa mas deliciosa, a menina era de mais, se tremia toda, precionando minha cabeça pra continuar, ela ficou durante um tempo se bulino toda, até chegar naquele ponto de bala, depois disso ela virou começou a me beijar e foi descendo, beijando todo o meu corpo, e caio de boca no meu pau, como eu disse a menina era de mais, fez um boquete até eu gozar de prazer, demos um tempo, e voltamos a uma nova sessão, até que eu introduzir meu pau na sua buceta boa e com aqueles pelos louros, fizemos um bom sexo, e isso durou um bom tempo, até a chegada de minha irmão, foi quando ela teve que voltar pra casa, durante esse período ficamos fazendo sexo todas as noites sem para, já estava perdendo rendimento durante o dia nas aulas, e no trabalho, e nos finais de semana quando ela ia pra sua casa, eu marcava com ela pra ir pra lá, lá sim era bom, por que tinha-mos a liberdade de gemer e gritar o quanto podia-mos, pois lá em casa estava-mos perto de minha mão e de minha irmã com minha sobrinhas, ficamos nessa brincadeira durante uns cinco meses, e depois de um ano nos voltamos a nos encontrar novamente, e agora nunca mas eu a vi novamente, na época ela tinha 22 anos, perfeita. bom essa é minha historinha espero que gostem, um abraço e boa noite, sou novo aqui, e esse é meu primeiro conto erático, um abraço, se quiserem me add, [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


chupando pica abrancando o namorado pela cintura amadorwww.contoseroticoscurracontos eróticos fio dental debaixo do ternoConto erotico de ginecologista lesbica seduzindo paciente heteroeu e minha enteada contos eroticoscontos sexo.eu meu sogro sograCuzinho gostoso contoscontos eróticos tenho um caso com minha sograminha esposa revelou ser muito safadaporno coroa da boda mole de fiodetaocontos eroticos jardineiro comeu eu e minha mulhercontos eroticos de primos q ficaram com primascontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos dei o cu dentro do onibusContoseroticos minha enteada novinha sendo estuprada por dois roludoscontos eroticos mulher testemunha de jeováPorno de corno com mae e filha gemeno e gritanofudedo a tia bombadaconto viúva fogosaloiras fudendoconto eróticocontos gay senta na minha piroca mulekecontos eroticos entre camioneirosMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,gozadas na boca do menino contoscontos eroticos - comeu a sogracontos eroticos so eu e meu gato na chacaramulher melancia de cinta liga e espartilhocontos eroticos q bocA e essa desse baianocontos erotico incesto virei a cadela do titiocontos de tioscontos de putaria gay o garoto e o vigiaconto erotico gay no nordestehttps://googleweblight.com/?lite_url=https://idlestates.ru/conto_26340_estupro-da-madame-pelo-seu-funcionario.html&ei=E_WimWma&lc=pt-BR&s=1&m=800&host=www.google.com.br&ts=1494280466&sig=AJsQQ1DZ_YRUE-wcRdaFd_Iqz-LQ-hyz5Acontos erótico de casada bi certinhacontos zoo meu marido sem eu saber viciou o cao passando minhas calcinhas para ele cheirarcdzinha dedos no cu esposa contocontos er matagaleu confesso sou puta desde novinhaCasa dos Contos Eróticos nora gostosa no banheirocontos eroticos real novinhazoofilia dssascontos de mae na ciriricacontos eroticos meu amante arrombava eu e minha filha e meu marido descubriuconto do pedreirocontos gay infanciacontos sexo fiquei com bucetA molhada com meu genro na prAiaajudei meu marido fude nosa filaadoro andar sem calcinha contosxvedeo foi brincar com a prima efreguei pau nelacontos eroticos sbccontos de rabudasNovinha de shortinho partindo a buceta no táxiVer buceta mulhere mas buntuda do mundo gordinho cagando na vara conto eroticoscontos eroticos com orgia de cdzinhastransa shopping Interlagos contoincesto contos filho se separa e volta a morar com mae coroaConto de puta presa e estuprada diariamente por muitos machoseu e a amiga da esposa contomenina saindo escola dei carona ela com 11 aninhos contosContos de incesto familiarcontos eróticos, esposa na praia de nudismo , bronzeadorfui putinho do padre gayconto peguei meu marido estrupando a vizinhaTudo q uma puta deve fazer na camavendo a cunhada depilando a buceta contosContos eróticos bdsm Ele m dava choque na buceta e enfiava agulhas nos meus seiosContos estupros esposa e maridomarido sortiado a esposa contos eroticoscontos eroticos gay meu tio de dezenove me comeu dormindo quando eu tinha oito anossexo dpS da depilaçao intima pornodoidoconto erotico travesti passeano na pracaContos eroticos Tia veridicoconto porno no coloGoiás borracheiro endereço conto gay de calcinhacontos eroticos de putas viciadas em porra gang bangcontos eróticos cheirando a bunda de mamãeconto sexo meu cunhado meu donoconto erotico. amigo do meu filho comeu minha mae a forsa3