Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRIANGULO FAMILIAR - FINAL

Eu Bruna(17) quero contar o final dessa experiência maravilhosa com minha mãe Helena(45) e irmão Gabriel(25), depois de termos ido dançar e num motel numa incrível noite de sexo em família.

Sabado de manhã, ainda garoava na cidade, fui a primeira a acordar, me desvencilhei dos braços de mamãe que dormiu agarradinha a mim (e Gabriel agarradinho á ela) e fui ao banheiro, tomei banho e quando voltei me deparei com uma cena muito linda. Gabriel deitado de barriga para cima e minha mãe de bruços, com a cabeça em seu ombro e formando um tipo de 4 com as pernas, com a perna direita esticada e a esquerda dobrada sobre as pernas do Gabriel, com sua vulva ainda inchada e peluda á mostra.

Não resisti e passei a acariciar aquela buceta ensopada e quente. Mamãe dormia pesado mas quendo dei por mim, Gabriel estama de olhos abertos observando minha travessura. Trocamos um sorriso e ele apontou para seu cacete adormecido, dizendo para eu coloca-lo na boca.

Obedeci, fui para o lado dele na cama. me ajoelhei e enquanto passeava com os dedos na xana de mamãe comecei a chupá-lo. Mamãe se mexeu e Gabriel aproveitou para mudá-la de posição, tirando-a de cima dela e colocando ao seu lado com a barriga para cima. Incrivel como ela não acordou mas o fato é que ela havia bebido um pouquinho a mais na boate e depois da noitada de transa, estava mesmo cansada, mas seu corpo ainda estava delicioso.

De repente Gabriel pede para que eu pare, se levanta e vai ao banheiro, pedindo que eu continue "brincando" com a mamãe mas tomando cuidado para não acordá-la.

E assim fiz, começei um banho de gato completo naquela morena de pele muito branca, muito peluda e com mamilos pretos, duros, deliciosos que eu comecei a chupar com mais força enquanto afundava meus dedos na buceta. Quando fui até sua boca e arrisquei um beijo ela correspondeu com sua lingua, estava acordada e passando a mão em minha buceta. Nos abraçamos e trocamos um beijo cheio de lingua e desejo, ela me agarrou com força e foi introduzindo o dedo em meu cu enquanto chupava meus peitos, quando eu ouuvi o Gabriel saindo do banheiro e disse a mamãe:-Xiiiii, ele vai ficar bravo que eu te acordei. No que ela de imediato reajiu:-Então faz e conta que eu ainda estou dormindo. E se colocou na posição oiriginal fingindo estar dormindo, sá prá ver o que Gabriel tinha em mente. Eu estava de 4, lambendo os lábios da xana de mamãe, Gabriel chegou por traz, me penetrou e começou a bombar num ritimo bem lento, fazendo minha xana se umidecer aos poucos e seu pau endurecer o suficiente. Comecei a tremer, mamãe se mecheu levemente virando de lado. Gabriel me puxou para o lado dela e começou a meter com mais força mandando eu lamber o cu dela, empurrei mamãe (que esboçava um pequeno sorriso no canto da boca) delicadamente para que ela ficasse de bruços, ela colaborou e já abriu um pouco mais as pernas deixando seu buraco traseiro á disposição. Abri bem sua bunda e comecei á cuspir e lamber em seu buraco preto e gozei, não consegui evitar um gritinho de prazer, mas mamãe se manteve firme no fingimento. Gabriel saiu de dentro de mim, trouxe seu pau á minha boca para que eu acabasse de molha-lo, e cuidadosamente foi montando em mamãe, enfiando seu cacete grosso naquele cuzão experiente. Mamãe se mecheu novamente, se colocando mais por baixo de Gabriel e sem abrir os olhos se erguendo, se apoiando em seus braços e falando baixinho:-Me agarra os peitos gatão, me fode com vontade. Gabriel percebendo a brincadeia não se fez de rogado, se lançou sobre seu corpo agarrando seus peios super duros, chupando seu pescoço e metendo em seu cu com uma vontade incrivel, urrando como um cavalo e sua fêmea.

-Bruna, ordenou mamãe-lambe as bolas e o cu do Gabriel, enfia um dedo no rabo dele, vai dar mais tesão.

E assim fui para a bunda do Gabriel e começei a lamber seu cu peludo chupar as bolas do se saco que balanava muito na trepara em mamãe, dei meu dedo indicador para ela chupar, ela o deixou ensopado de saliva e aos pouquinhos fui introduzindo no cu de meu irmão, que reajiu exatamente como mamãe esperava, seu pau ficou mais duro e ele passou a foder com mais força. -Tira, tira que eu vou gozar porra! Gabriel mandando livar seu buraco. Levantouu mamãe deixando-a de 4, agarrou nos seus cabelos e encheu seu cu de porra. Quando acabou, mamãe me chamou prá junto dela e juntas acabamos de chupar os restos do gozo do Gabriel.

Tomamos banho, café, nos vestimos, nos abraçamos como uma família e fomos para casa. Conversamos muito sobre o acontecido, que ficou como nosso segredo, e até hoje nunca mais se repetiu...até hoje! FIM.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos casada e o farmaceitico negaocontos erótico comadre desmaiou conto erotico cunhadinha safadinhaeu quero ver anaconda chupando leite da mãecontos o pau do enteadocontos eroticos a crentinhaconto eroticos vendo a foder minha irma no papai betinhacontos minha mulher com um dotado mi fez chupa elecontos erótico sexo no cinemameninha fata zofolia buntuda sexopeguei minha sobrinha do interior matutinhaContos eroticos dei a buceta para inimigoArombaram meu cu na cabine eroticaconto fui buscalo no aeroporto oContos eroticos da lele alessadracontos eróticos corno mansocontos erotico chantageada no metrocontos eroticos caseiros e verdadeiros de primo comendo a prima tirando o cabaco dela escondidoscomi um a menina de 14 contoconto erotico encoxando e estuprandoa velhagay de rio preto de calcinhacontos comeram a.bunda do marido e esposaImagem Carla danada na zoofoliaconto nao aguentei e fodi minhaenso botar po para mulher do corno contosContos ajudei o meu amigo a comer minha filhadando cuzinho pro macho da minha mulher contocontos eroticosdescobrindo o amorcontos eroticos currada garganta profundacontos herotivo cuzinho chantagemContos mamae é a puta da familia e dos vizinhosParaíba putinhocontos erotcos de estrupo de virgemhistória e fotos sogra bêbada gosta de dar o c* e fazer b****** com genrocontos eróticos dei o cu ea buceta da cunhadinhavidio porno gey aronbei meu primo no quarto enquanto ele estudavacontos de surubas inesperadas com esposa e travestiscontos eroticos de empregada evangélicavideos zoofilia cavalos gozando na bucta epenetrandocontos vizinha novinha mas ja bem.desenvolvidaTodos adorao meu cuzinho contos eróticoscontos eroticos descobri que era gay e não sabia parte5contos ninha cachorra chupou minha bucetaver dvd porno homems chupa bucetas de baicho da mesa tira calcinha do ladovoyeur de esposa conto eroticoContos eróticos meu primo meu amor minha vida meteconosco toma a porra de. macho na. bucetaVer vidios porno de exetos e contos eroticos somente de pai chupando a bucetinha propria filha, pequenininha da filinha caçula que e pequena de tudo que nem tem penugem na bucetinha ele chupa na mara:) conto porno de amigas casadas fudendo com machos picudos nas feriascontos minha enteada minha amantequero ler conto erótico sogro f****** com a noracontos chantagiei minha mae e mi dei bemminha irmã no meu colo contisContos comendo a mulher do amigoconto eroticos gay com pai"que buracao" gay contocontos eroticos com mts mamadas nos peitos/sexo com o amigona buceta da velhinha contos eróticoscontos eroticos casada em casa sozinha com enteado fazendo massagemconto chupando a coroaConto erotico meu pai me cobiçandocomo o magrinho me arrombou a buceta contosconto gay coroa com a camisinha cheiaquero tua jeba rasgando meu cuContos eroticos corno panacadeu a buceta no presidio contoscontos eroticos Gays De Dei Minha Bundinha Pro Irmão do meu Amigomarido falou p esposa nahora da transa q dar o cu era bomvelhas gordas de 90kg nuascontos dei para meu neto pauzudoContos eroticos minha esposa rabudamulher fazebdo conids dr shortinho e marido psu durozoofilia mobile ticas pornocomendo cu tia 57anosconto mulher casada rabuda dei pedreirome vinguei do meu irmao e me arrependi contos eroticosela me contou que estava toda assada de fuder a noite todacontos erotico vestido tubinho