Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O MARIDO VIAJANDO E EU A FUDER A SUA MULHER

Vou relatar mais um dos meus momento de prazer, quem fala é o CARECA, homem de negocios e muito ativo em se falando de sexo e tudo mais. Tenho 1.78m,um pau de 23x7.5cm e muito sacasagem, estava em J. Pessoa-pb, entro no supermercado e dou de frete com uma loura que ficou me comendo com os olhos, nessa hora o pau deu o seu sinal, como quem disse é esta que eu quero comer como não sou de fugir de olhares, encarei-a, ela entra num corredor sem carinho, isso me chamou a atenção, então a sigo e passo roçando no seu braço, ela diz, sabia que vc vinha, quando eu digo, uma mulher como vc 1,65m, lábios carnundos, +- 42 de busto, pernas toniadas, não se pode perder, pq não se encontra em todo lugar, ela ri dizendo e ainda é conquistador,ela olha para as minhas pernas e disse parece que vc esta com um quijo danado, sá pode. Pq vc não me alivia, ela pergunta o que eu estou na que cidade, a negocio,ela tira um papel da bolça e escreve a endereço que eu deveria estar lá as 13hs, pergunto é seguro, ela diz, não tenho empregados no momento e o marido esta viajando para o sul, não teria lugar melhor.

Cheguei na hora, não podia peder aquela opotunidade, ela´já estava no portão, abri, coloco o carro para dentro, era um senhora casa, fomos para sala ela vai lá dentro e traz duas doses. Ai veio as apresentações, o marido era industial e ela havia vindo do paraná,comerçamos nos amassos ali mesmo no sáfa ela dizendo que iria aproveitar o maximo, pq sabia que ela tbm estava com outra. Fomos para o quarto, que maravilha,Ela senta na cama e comerça a me chupar com um fome de pica com nunca visto,ponho ela deitada e comerço a chupar os peitos que esta durinhos, vou descendo até a bucetinha que estava toda melada que chegava a molhar o lonçol, ai fomos para aquela 69 que ela quando eu parsava a lingua no gloro ela tremia toda e dizia que linga derina vc teme acaricirando o cuzinho com o suco varginal que era bastante, ai eu pergundo quer comerça por qual posição, ela disse na buceta botando por traz, é um das que eu nosso tbm, ela dizia devagar e seu pau é muito grande e grosso, mas é um maravilha pq nunca fui fudida com um pau deste tamanho, ponho e mando ela rebolar rebolar e o pau foi entrando e ela a delirar, singar e rebolando se torsia mais que cobra, e tome pica e ela a morder os lábios, eu sem tirar o pau de dentro fui mudando a posição e locoquei ela sentada na pica, eladizia esta gostoso com nunca. Ai ela disse que já tinha perdida a conto das gozadas e. eu tome rola vadia e espere que o gostoso esta para acontecer, ela comerça a treme e a buceta comerçou a se contrai, quando eu sinto que ela estava tendo um orgasmo,gritando vou gazar e demaiou e gozamos juntos eu com o pau dentro, ai deitamos de lado e o pau dentro ainda, eu a acariciar a bundinha e meterdo o dedo no cú, ela pergunda vc não estar cansado? O problema e que o pau não amolece, ai digo com uma tezuda com vc, é imposivel amolecer, mesmo assim ficamos uns 19 min parados, a relaxar, quando ela disse já estou pronta para mais. Ponho ela de 4 e fico pincelando da buceta para o cú e é a tremer, quando chego no olho de furico eu para e mando é relaxar, relaxar,rebolar, e, o pau foi entrando e ela a dizer esta doendo muito, pára e digo relaxa e segurei, fui forsando e a cabeça entrou ela a rebolar,ela dizia esta gostoso, eu a empurrar, tocando aquela seririca, ela disse não esta mais doendo. Pq? a sua tezaão vadia,ela disse esta gozando pela buceta, eu tira até a cabeça e empurro de um vez, ela disse estou indo as nuvens, vou lhe colocar no céu, vou coloco ela no torno a cavalgar e tocando a seririca,ela diz que careca gostoso, quero marcar outros escontros contigo, eu digo a sessão ainda não acabou, ela a gozar, singava, volto para a posição inicial e com a bunda para cima,continuo aquela vai e vem quando ela mete acara na traveisero, eu digo vou gozar, ela disse goza na minha boca,ela comerça a tremer novamente, abriu a boca e deramo +- 19 l de gala e ela a engulir e dizendo nunca tinha bebido panta gala de um sá vez. Descansamos, fomos tomar banho, naquela banheira para relaxar, sá que a pica acordou e coloco ela no torno novemento, sá que dessa vez foi na buceta e ela ficou cavalgando e disendo que foda inequesivel, precisamos marcar outras. Caros leitores(as)o careca ainda entar em forma, mesmo depois do acidente sofrido, tenho certeza que vou marcar outras deixe o marido viajar.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


www.contos eroticos cavalgado no vovoContos vovó no banhoTraicao minha namorada safada vendo pinto dele contoscontos minha enteada minha amantemotoboy gay contosogras e esposas loucas em pirocas grossas,contos e relatos eroticosContos cm o vizinhoContos eroticos meu papai safado me comeu no meu quartomulheres adoram ficar peladas cheio de manteiga no cuconto erotico mae negra coroa dando cuamigocome casal conto eroticoconto erotico incesto sonifero filhaler contos eroticos incesto mae transa com filho e pai esta desconfiandoconto de casada com descendente de japones que traiu com um bem dotadocontos arrombei o cu dela no pique escondeContos eroticos duas rolas lindas mas perversas lascaram cusexo emprestei minha mulher pra um amigo que estava preso conto eróticosquero ver no boa f*** de mulheres com shortinho todo enfiado no rabocontos eroticos de homens casadosnao tira papai deixa que eu vo gozarconto pirno vovózinha bicontos eróticos di mulher tou com fome.di picacontos eroticos meu amiguinho me encoxouPornodoido passistasConto o dei o cu por curiosidadecontos eroticos aluninhapassagem erótica eu vou a loira gostosona na f*** boarelatos eroticos reais sobre ela ficou entalada eu aproveiteino acampamento enquanto eu dormia contos eróticosMinha noiva exibida e gostosa na academia - Contos Eróticoscontos eroticos de esposa fazendo o marido limpar sua bucwta goAdavideo de presediario comeido buseita na cadeia no dfestuprada na lanchonete contosa bucetuda casa dos contosfetiche mulher atola cueca no rabo do carasurprendida pela minha amiga lesbica contos eroticosconto eles gozaram na minha mulherdei meu cu pra um bebado desconhecido contos gaycontos eroticos nordesteContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos eroticos enteada e amiga de biViciei a novinha no anal contosContos eroticos dei pro leke magrelo chamado Ricardocontos eroticos medicomenino de treze anos gostoso bundinha e cuzinho jeitoso contos eroticosincesto familia unida contocontos eroticos sou crente casada mas tenho fogo no cucontos incesto troca de filhasComtos mae e filha fodidas pelos amigos do paiO coroa me levou pra sua lancha conto eroticoContos eroticos escussao com meu marido banco diferentevideos pornos de calcinhas piduradas no varalconto erotico eu era virgem mas o pau erafinoSem a minha permissao contos eroticos:karolzinha baixinha ruiva gostoza fodenoContos dando cu primeira vez no assaltocontos dei um beijao na boca do meu tioconto irma com tesaocontos pego batendo punhetaconto travesti me enganoubaixinha de 1m 60 porno boa fodasonhar com a mulher tranzndo com outromedica seduzidapor lesbica historias  Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma  contos eroticos marido bebeu e eu encoxei a mulhercontos trai meu maridoporno conto erotico depois de malhar fui fodida na academiacontos er com negcomendo cunhada asm que minha mulher saicontos amigos e mamaewww.tias.de.fio.dental.sobrinho.nao.resisteContos eroticos sem camisinha cdzinha gostosaConto erotico vizinha bobinhaFalei pro meu amigo enrrabar minha esposa enquanto ela dormiafui tomar banho na casa do amigo e comeu a mulher delecontos de sexo gay minha esposa viajou e dei com sua calcinha