Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

OBSERVANDO E LEVANDO

O que conto aqui aconteceu quando tinha 19 anos,e devo diser que aconteceu até aos 19 e não mais,talvez por curiosidade da idade sei lá,mas tudo bem vamos ao conto.

Temos uma área enorme e costumavamos brincar de policia e ladrão,e as vezes rolava algumas coisas,eu sempre comia o cuzinho de alguns dos participantes,era normal,com disse coisa da idade.

Tinha um predio antigo que éra usado como fábrica na época de meu avô,que éra um bom esconderijo,e eu fui me esconder com um garoto do meu grupo para ganharmos etc,tinha começado na quela hora o jogo,e eu aproveitei e falei "abre o cuzinho aí rapidinho"ele falou "tudo bem mas vai devagar porque hontem você me machucou muito e fiquei com dor a noite inteira" tudo bem e vamos lá.Enfiei com força nem ligando o que ele falou,tinha ná época um pênis de 16cm,para a idade acho que éra bom e era grosso,então eu gostava de meter com força e ver eles gemerem.E não deu outra,fernando começou a gritar e gemer "aiiiii ta duendo tira vai,mete divagar pur favor,eu já sou sua putinha não machuca não vaiiii,para para para",nisso não aguentei e esporrei feito louco em seu cuzinho e ainda tava saindo um pouca para dar para ele engolir,e ele foi para casa pois disse que não tinha condições de brincar agora,e a brincadeira acabou,e os outros foram para casa.Eu com tudo tinha esquecido minha arma de brinquedo lá dentro,fui buscá-la.Procurie por um minuto ou um pouco mais e achei a bendita.Quando estava saindo apareceram cinco funcionários do prédio que fica uns oito metros deste antigo,lá funciona uma empresa nossa de pequeno porte de venda de materiais de construção.Depois soube que eles também iam lá para fazer meinha,mais eles iam à noite quando não tinham ninguém lá.Foram lá esta hora para decançar o almoço pois na sala de almoço deles estavam fazendo um pequeno reparo numa infiltração no teto.

Éram dois negros e três morenos,um deles falou "vimos tudo,vai fazer com a gente ou contamos tudo"podia mandar que eles fossem demitidos mas mesmo assim iriam descobrir,e tinham muitos alí que não gostaria que seus pais soubessem e eu um deles é ábvio,então falei que sim mas que seria somente esta vez,eles disseram que tava bom e começamos.

Todos eles tiraram as roupas quase ao mesmo tempo,nenhum deles tinha pau pequeno os menores éram um pouco maior que o meu,mas mais largos.

Os dois negros vieram,um botou na minha boca,quase não entrava nem a cabeça,devia ter uns 23cm e muito largo,o outro já empurrando tinha um pau um pouco maior que o meu mas mais largo e começou a enfiar e falou "é cabacinho que arrancá-lo Souza" ele falou "não,tira o cabaço e me dar para eu arrombar senão vou machucá-lo bastante e vamos ter pobrema".E começou,Ele enfiou com tudo no meu cuzinho,senti ele sendo aberto bastante,e começou a doer mas de para aguentar,e ele metendo com bastante força,as vezes em soutava um "caralho!!!!" e ele falou "não tô aguentando souza,eé um cuzinho apertedo,já vou esporrar" e enfiou e ficou socando muito rápido e esporrou com no máximo uns cinco minutos de foda,mas esporrou bastante,quando ele tirou começou a escorrer esperma pelas minhas pernas,aí o jumento tirou seu pau de minha boca ja quase rasgada e falou "valeu maninho já lubrificou pra mim"e veio por taz e enfiou a cabeçorra,dei um grito não teve jeito.

Ele começou a enfiar devagar mas continuamente e sem tirar,e chegou no talo.Não conseguia me mecher de tanta dor,tentei ir para frente e ele falou "não vai não,vai ser rasgado"e começou a meter freneticamente como se fosse uma buceta arrombada de mulher velha,minha cintura foi ao chão de tanta dor e ele ficou em cima de mim mesmo comigo deitado.Nesta posição meu cú fe um aperto no pau dele naturalmente e ele ficou mais excitado ainda e começou a meter mais e mais forte e eu tive que falar quase sem forças "tá me arrombando tá me arrombando,meu cú tá dormente,aiiii tá muito lá dentro,me come aos poucos em outros dias vaii,aiii para de socar com força paaraaaa!não tô aguentando,aiiiii aiiiiiiiii aiiiiiiii tá muito lá dentro tô sentindo alguma coisa sendo empurrada bem lá dentro aiii aiii para"ele falou "foda-se quero arrombar um cuzinho,não arombo um desde garoto,e você aguenta e vai começar a pedir mais"

Tava sem fôlego,sem forças,abaixei a cabeça no chão e fiquei calado,sem conseguir falar uma palavra.Sá via o chão abaixo de mim ir para frente e para trás devido a porrada que recebia.Até que ele esporrou muito e tirou e enfiou com força entrando em minha garganta e aida conseguiu dar umas duas ejaculadas.Minha boca ficou em seu saco,ele tirou e ví uma mancha vermelha em meu nariz.Passei a mão e ví que era sangue,vi embaixo de meu rosto no chão um pouco de sangue escorrendo de minha boca para meu queixo.Olhei com muita dificuldade para tráz ví minha bunda muito ensanguentada.Meu cú estava jorrando sangue,mas não consegui nem ficar assustado pois os outros três vieram correndo.E o que tínha pau grande quase igual ao do souza enfiou com tudo em meu cú ensanguentado.Eu ainda não conseguia me levantar,e ele ficou metendo,com muita força,mas já tava arrombado e não sentia dor somente ele batendo bem lá no fundo.Ele falando "tá arrombado e quentinho,vou te arrombar um pouco mais" tiro o pau de dentro de meu cuzinho e enfiou três dedos e depois colocou quatro.E tentando enfiar o polegar e posteriormante toda a mão.Comecei a chorar mas sem reclamar pois não conseguia,nisso oos outros dois começaram a mijar em cima de mim,na minha cara e dentro de minha boca e garganta,engoli tudo.Um tocou punheta e esporrou dentro da minha boca,tive que beber toda a porra.O outro ficou fodendo minha boca.Enquanto isso o outro enfiou toda a mão no meu rego,cimeçei a chorar forte e me abafou com o pau em minha boca,ele ficou enfiando e tirando,e tirando com força para meu cá ficar aberto e não fechar,na terceira vez ficou dormente de novo.O outro esporrou na minha garganta de novo.Enquanto o atrás disse "pronto teu cú não vai fechar por um bom tempo!"e enfiou todo o pau de novo e ficou metendo freneticamente e esporrou em uns trinta segundos e tirou.Se vestiram e foram embora falando "vamos chegar atrasados um pouco mas valeu apena,thau putinha descabaçada na procima voçê vai sentir somente prazer que nem quando a gente se come e olha durante o dia vai engolir minha porra e a noite vai ser enrrabado da teu jeito de sair de casa por uma hora,já basta,thau putinha pintada de vermelho sangue!"

E fiquei caido uns dez minutos,cheio de porra e sangue tanto no cú quanto na garganta.Somente cheguei em casa uma hora e meia depois para tomar um banho e limpar o sangue. Ralmente um mês depois voltaram a me comer e eu à eles mas isso é outra histária,inclusive fiquei tão viciado em pau grande que comecei a dar para um jegue que tem no terreno mas depois eu conto.Espero que tenham gostado.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Meu corno cherador de cu.conto eróticoRelatos eroticos de professoras casadas brancas que foram usadas por alunos negrosterceira idade de calcinha no cucontoerotico meu padrastomim comeuvi minha tia nua contosrealizei meu sonho comi minha tia perdi a virgindade conto eroticowww.fiquei louca quando vi a cueca do meu filho mrlada de gala contocontos eróticos espiandocontos eróticos adicionei o menino e deiContos com picas bonitascontos-teu pau me fodendo todinhavidio de mulier xupanoxanimhaTia de xana peluda e sobrinho metendo conto eroticonovinhaenteadanuaGozou dentro contos eroticoscontos anal de mulher virgemcontos eroticos aposentadas cavalasChat Amo sexoavivomassagem de homem com mulher depois fudela contos eróticos com pai e filhaContos her¨¦ticos incesto comi minha m0Š0e contos eroticos sexo com minha empregada de vestido curtinhoconto chantagem enteadacontos eroticos apostei meu marido e pedircontossexo minha dentistacontos de zoo trinamento de cao para casadasde conchinha sem calcinha (contos)negao marido de aluguel com casadas contosvidio muher trasa com homen com pido pequenocontos eróticos minha mulher foi f***** por um travestimulher do irmão acaricia pica de outrosocontos eroticos de traicao com vizinha gostosacontos eroticosirmazinhasobiu no cu delacastigando a patroa na ruachata levou rola contoscontos eroticos iniciei meu marido a da o cucontos eroticos cegapintinho durinho molequeConto gozou muita porra no meu cucontos eróticos comi minha vizinhaconto erotico incesto sonifero filhacontos cadelas no cioninfetas com vestidos beijando peitoral dos travestiseu meu primo e minha mulher contosDei o cu pro policial, quase me rasgaconto erotico transei com uma velha deficiente especialvídeo de namorado faz bem aqui Amanda no Pou pelo jeito da sua bundaeu conto cunhada casada ver o cunhado de pau duro e fica loucacontos eroticoso cu da cadelinhacontos gay cunhado barracacontos servente de pedreirocontos eróticos - madrugada no clube de águas quentes Conto erotico comendo gordinha durante colheita do cafécontos eu espiano minha mae peitudataboo estou apaixonada pelo meu filho sexo incesto contostio faz sexo com subrinlho em picinaminha sobrinha pediu pra mim gozar dentro da sua Bucetaconto erótico de corno chupador de arrombadacache:zwmyzgvJpMwJ:idlestates.ru/mobile/conto-categoria-mais-lidos_1_22_fetiches.html menina matuta contos eroticoscontos eróticos virei strip-teaseminha bucetinha chego a sangra na rolona do velho contosTransei com minha prima brincando de esconde escondeComo me tornei a cadela do meu padrato contos eróticodepois de mais de 20 anos casados minha esposa topoucontos eroticos amiga da minha mae velha coroa viuvacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos mordidinha na bucetaconto erotico sogroviciadopor bundas super rabudascontos eroticos de mae chupandocontos de coroa com novinhoconto erotico mihna esposa arrumo um traveo prs eu fude ediz e comr q vc gostaminha mulher puts molecada contoseu vou te arregaçar inteira me perdoa amor, desculpagrelao era enorme lesbica contosReparei maquina de lavar para minha tia conto erodicocasada dando o cu no bairro de na casa do ferantehomes esfregando nas mulhres no honibusGostosas nao aguentam o tesao e traem em contosconto adoro cu de casadaconto erótico na praia com a família da esposacontos eroticos incestos meu homem ciumentoconto erótico boquete da funcionárioContos eroticos minha tia anda pelada na casamulher batend sirica at espirardeflorar pau grosso punheta enteada contosmuito tempo sem mamar no pauContos excitantes sou gaúchaminha cunhada tinha coriosidade sobre o meu pau se enprecionoucontos eroticos gays adoro ser humilhado por um coroa dominadorencoxador no tremcontos eróticos gays cu de bebado nao tem dono