Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRIMEIRA TRANSA COM COLEGA

PRIMEIRA TRANSA COM COLEGA

BETO123

________________________________________

Tenho 48 anos e quando tinha 19 tive minha primeira experiência do conto anterior, mas depois daquele dia gostei da coisa e fui a luta, que na época não era muito fácil como é hoje tinha que ter muito jogo de cintura e eu modéstia a parte sempre fui bom de papo com as colegas e ficava sempre conversando com as colegas que gostavam muito de falar comigo e muitas vazes me confidenciavam muitas coisas até que um dia uma delas a Ilda de 14anos me confidenciou que já tinha tido uma experiência sexual com o namorado dela mas não houve penetração vaginal e sim anal que era na época uma coisa fora do comum, mas eu lhe disse que isto não tinha a menor importância e ela gostou muito de eu ter tratado do assunto com naturalidade e eu disse a ela também que tinha tido minha experiência e o papo morreu por ai, passado alguns dias ela me disse que o namorado havia deixado ela e chorando muito eu fui consolar a menina fazendo carinho nela até que fui me ousando a acaricia-la nos seus ombros e escorregando para seu decote no que ela não me deteve e até começou a passar as suas mãos na minha perna, vi isto como um sinal de vá enfrente e fui buscando o bico dos seus seios que eram durinhos e pontudinhos e Ilda gostou muito então eu peguei sua mão e puxei para meu pênis que já estava muito duro e ela me alertou que estávamos, muito expostos então propus de nos irmos para minha casa que minha mãe estava trabalhando e voltaria bem mais tarde, então fomos, ao chegarmos logo fui partindo para cima dela e ela me empurrava mas sem muito ímpeto e fui logo avançando o sinal, logo estávamos nus eu passando as minhas mão na sua bunda que era redondinha e arrebitadinha nos esfregando roçando meu pênis em sua vagina com pelinhos ralinhos,ela foi se contorcendo e dizendo para não fazer isto pois ela era virgem na vagina então propus que ela me chupasse enquanto eu a chupava ela não queria mas eu fui insistindo e ela foi abrindo a boca e o pênis entrando em sua boca, eu já estava com a língua em seu clitáris, chupando e colocando o dedo em sua vagina bem devagar e com a outra mão colocando o dedo em seu anus ela ficou descontrolada e foi chupando cada vez mais forte meu pênis que não estava mais aguentando e comecei a gozar ela se assustou e tirou a boca mas continuou a me masturbar até que ela gozou na minha boca. Logo depois eu comecei a acaricia-la novamente e coloquei ela de costa para mim e fui descendo até seu anus que eu abri e fui lambendo, Ilda não se aguentava de tanto tesão até que ela me pediu para penetra-la pois ela não aguentava mais esperar então eu fiz seu pedido e fui colocando bem devagarzinho até que entrou tudo e ela começou a rebolar e me pedindo mais e mais aproveitado seu estado de excitação tirei meu pênis do seu anus e fui colocando aos poucos em sua vagina ainda virgem, ela foi deixando mas quando chegou no seu hímen ela se assustou e pediu para tirar mas eu não tirei sá fiz que ia tirar quando ela relaxou eu enfiei de uma vez ela soltou um gritinho e engoliu a seco respirando fundo eu até me assustei um pouco mas não tirei nada sá fiquei bem quietinho até que ela começou a se mexer bem lentamente e foi aumentando os seus movimentos até ficarem bem fortes e ela começou a se contorcer e gozar muito mais forte que no anus ela chegou a virar os olhos e perdendo a respiração e agarrando a almofada com muita força eu não aguentei ver Ilda assim e gozei muito também caído cada um para um lado descansando um pouco e fazendo carinho, quando levantei vi que havia sangue no meu pênis e entre suas pernas mas mesmo assim Ilda me disse que nunca tinha gozado tanto mesmo quando se masturbava e me agradeceu por ter abusado dela. Continuamos a transar por muito tempo mas não fui fiel a esta colega afinal ela era sá minha colega. Até a práxima espero que tenham gostado pois este conto foi real .

Por esta é sá.

Tchau e não esqueça de votar, para que eu volte.

BETO123

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


pai minha vi de calcinha e contoscontos eroticos casadas baile formaturaconto meu marido insistiu no ménage e levou rola a forçacontos gays chupei o vira lataChat Amo sexoavivocontos eroticos espertinhaMae nao aquenta todo pau do filho no cu apertadowww.goroa nis Sogra fudendome vinguei da minha esposa e do meu inimigo contos eroticosgordo pintudo conto teenscontos eroticos casal e filhos bi passivosex cunhada putaTia de shortinho partindo a bucetacontos meu pai e minha esposapeguei minha sigra dormindo sem calcinha e meti a pica nelamuitus contus estupro na favelaacordei com a minha enteada Camila com a b******** bem molhadacontos sexuais de jessica no carroContos eroticos Tia veridicoPorno conto ponheta da casada buzconto sogra nudistaContos er meu que pitao peludoConto erotico minha cunhadinha chupou meu pausogra chortinho provocando genro cozinha lavandotravesti Juliana de primo metendoDanadinha sapeca contostres comendo uma mulher e um socando no cu do outro uma filinhaicontos eróticos leite incestoconto gang bang com crenteconto ganhando mamadeira de porraconto do tarado que se fazia de bonzinho para comer as meninascontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrossou o tesaozinho do papaiContos visinha de 19Contos eroticos menininhasmulheres loira amazonense traindo fazendosexocontos o encanador negão me comeucontos comi a mha filha novinha virgemdando pro genro. contos eróticosporno quente doido cara lasca buceta com cucontos comendo gay na vielasai com um casal contosconto dei sonifero pra minha mulher dormir e outro comer elacontos er peitinhos em formaçaoiniciando a filhadeflorar pau grosso punheta enteada contoscontos eroticos primeira transa sadomasoquista quando meu dono me deixou presaporno buceta contos eroticos traindo ao marido no quintalrelato rasgou o c* de tanto levar rolacontos eroticos teens eu baixinha i peituda com meu tio no carroJaponesa de salto conto eroticofudendo a boca da namorada/contos eróticoscontos sogra biquini cornocontos eróticos de infânciacontos sexo estorando cumaniaco goza na bunda da mulher de fio dental no marPorno conto casa abondonada eu e o viadinhocontos de travecos comedoresContos eróticos gay primoscontos eroticos algemada e sentindo um tesao e eles ainda me torturava mexendo na minha buceta Peguei meu filho mostrei minha vagina contos eroticosmulher faz strip antes de comecar zofiliacontos eroticos enfermeirascasada chantageada e submetida aos limites contos eroticospAi pegador filha a fossa no quarto pornocontos eróticos gay tio me comeucontos heroticos fransei com meu sogrocontos eroticos com vovoconto erotico incesto sonifero filhaConto erotico dei pro meu papai e tiolego na dano a buceta dormindoconto brincando na praia com minha irmãContos gays me fantasiei de mulher no cine pornocontos eroticos ele insistil que deixei tira camisinhacontos eroticos meu marido me vendeucontos er peitinhos em formaçaogostosa de shorte mostrando as beiras da bucetaContos eroticos assanhadasHistórias contos ficticios e reais de sexo com travestiscontos eróticos estrupada pelo professor de judoFuderan meu cu e minha esposa ajudou os carasminhamulhere meucachorrocontos erotico estrupo loira esculturalprimeira vez foi com papai aos11 aninhos conto insestomeu sobrinho menor conto eróticoamiguinho do filho contos eroti,osconto erotico cobrador casada lesbicoDesenho porno pai bota filhar pra domir i fode ela todinharmwu irmao comeu meu cuzinho contosContos.eroticos.crentizinha.abusada.no.cuzinhoContos eroticos familia sem preconceitoContos eróticos engravidei na primeira trepadacontos eróticos comendo a mulher do irmão na festa do final de anocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anos